×
Técnico Administrativo Técnico em Regulação de Aviação Civil Especialista em Regulação de Aviação Civil - Área 1 Especialista em Regulação de Aviação Civil - Área 3 Analista Administrativo - Área 2
×

ANAC 2016

Analista Administrativo - Área 1

Questão 1

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O Brasil é um exemplo de país para o qual a
 
modernidade, em todas as fases de sua história nos
 
últimos cinco séculos, impõe-se, sobretudo, como
 
abertura aos ventos de fora.
5
Com o neoliberalismo, é frequente o abandono
 
da ideia do nacional brasileiro, com a sedução de
 
um imaginário influenciado por forte apelo da técnica
 
e aceitação tranquila da força totalitária dos fatores
 
da globalização. Em todos os casos, avulta como
10
corrente condutora e força propulsora e indiscutível a
 
modernidade alienígena e alienante.
 
Que seria uma modernidade à brasileira e como
 
poderemos alcançá-la? Cumpriria, em primeiro lugar,
 
não enxergar a modernidade como um dogma, uma
15
obrigação, um credo.
 
Em duas palavras, isso implicaria não seguir o
 
conselho do poeta Rimbaud, para quem a modernidade
 
era algo a tomar a qualquer preço. Ao contrário, o que
 
se postula é uma modernidade guiada por um objetivo
20
nacional brasileiro.
 
Se antes isso já era possível, agora o é muito
 
mais, embora nos façam crer que há apenas uma
 
opção, um caminho, com vistas à construção do futuro.
 
A grande originalidade do presente período histórico
25
é a visibilidade, em todos os cantos do mundo, das
 
novas possibilidades oferecidas por ele e a consciência
 
de que é possível uma multiplicidade de combinações.
 
Essas não têm que ser obrigatoriamente condutoras de
 
alienação, podendo construir-se a partir de um modo
30
de ser característico da nação considerada como um
 
todo, uma edificação secular onde as mudanças não
 
suprimam a identidade, mas renovem o seu sentido a
 
partir das novas realidades. Não se trata, assim, de
 
recusar o mundo, mas de assegurar um movimento
35
conjunto, em que o país não seja exclusivamente
 
tributário, mas soberanamente partícipe na produção
 
de uma história universal.
<http://www.oocities.org/br/madsonpardo/ms/artigos/ msa03.htm>. Acesso em: 04/01/2016 ( Milton Santos, com adaptações).
Em relação às ideias do texto, assinale a opção correta.

Questão 2

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O Brasil é um exemplo de país para o qual a
 
modernidade, em todas as fases de sua história nos
 
últimos cinco séculos, impõe-se, sobretudo, como
 
abertura aos ventos de fora.
5
Com o neoliberalismo, é frequente o abandono
 
da ideia do nacional brasileiro, com a sedução de
 
um imaginário influenciado por forte apelo da técnica
 
e aceitação tranquila da força totalitária dos fatores
 
da globalização. Em todos os casos, avulta como
10
corrente condutora e força propulsora e indiscutível a
 
modernidade alienígena e alienante.
 
Que seria uma modernidade à brasileira e como
 
poderemos alcançá-la? Cumpriria, em primeiro lugar,
 
não enxergar a modernidade como um dogma, uma
15
obrigação, um credo.
 
Em duas palavras, isso implicaria não seguir o
 
conselho do poeta Rimbaud, para quem a modernidade
 
era algo a tomar a qualquer preço. Ao contrário, o que
 
se postula é uma modernidade guiada por um objetivo
20
nacional brasileiro.
 
Se antes isso já era possível, agora o é muito
 
mais, embora nos façam crer que há apenas uma
 
opção, um caminho, com vistas à construção do futuro.
 
A grande originalidade do presente período histórico
25
é a visibilidade, em todos os cantos do mundo, das
 
novas possibilidades oferecidas por ele e a consciência
 
de que é possível uma multiplicidade de combinações.
 
Essas não têm que ser obrigatoriamente condutoras de
 
alienação, podendo construir-se a partir de um modo
30
de ser característico da nação considerada como um
 
todo, uma edificação secular onde as mudanças não
 
suprimam a identidade, mas renovem o seu sentido a
 
partir das novas realidades. Não se trata, assim, de
 
recusar o mundo, mas de assegurar um movimento
35
conjunto, em que o país não seja exclusivamente
 
tributário, mas soberanamente partícipe na produção
 
de uma história universal.
<http://www.oocities.org/br/madsonpardo/ms/artigos/ msa03.htm>. Acesso em: 04/01/2016 ( Milton Santos, com adaptações).
Assinale a opção em que a substituição sugerida para o termo usado no texto provoca erro gramatical ou incoerência textual.

Questão 3

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Em relação às estruturas linguísticas do texto, assinale a opção correta.

Não vamos discorrer sobre a pré-história da aviação, sonho dos antigos egípcios e gregos, que representavam alguns de seus deuses por figuras aladas, nem sobre o vulto de estudiosos do problema, como Leonardo da Vinci, que no século XV construiu um modelo de avião em forma de pássaro. Pode-se localizar o início da aviação nas experiências de alguns pioneiros que, desde os últimos anos do século XIX, tentaram o voo de aparelhos então denominados mais pesados do que o ar, para diferenciá-los dos balões, cheios de gases, mais leves do que o ar. Ao contrário dos balões, que se sustentavam na atmosfera por causa da menor densidade do gás em seu interior, os aviões precisavam de um meio mecânico de sustentação para que se elevassem por seus próprios recursos. O brasileiro Santos Dumont foi o primeiro aeronauta que demonstrou a viabilidade do voo do mais pesado do que o ar. O seu voo no "14-Bis" em Paris, em 23 de outubro de 1906, na presença de inúmeras testemunhas, constituiu um marco na história da aviação, embora a primazia do voo em avião seja disputada por vários países.
<http://www.portalbrasil.net/aviacao_historia.htm>. Acesso em: 13/12/2015 (com adaptações).

Questão 4

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale a opção que preenche as lacunas do texto de forma que o torne coeso, coerente e gramaticalmente correto.

No período de 1907 a 1910, Santos Dumont realizou inúmeros voos com o monoplano Demoiselle. Patrono da Aeronáutica e da Força Aérea Brasileira __1__ recebeu a patente de Marechal do Ar, __2__ considerado, até hoje, o brasileiro que mais se destacou na história da aviação mundial.
Ao voo de Santos Dumont __3__ um período de competição entre países da Europa e os Estados Unidos na conquista de recordes de velocidade e distância. Com a I Guerra Mundial, a aviação tomaria considerável impulso, em virtude do uso dos aviões __4__ arma de grande poder ofensivo, mas seria na década de 1920/1930 que esse avanço se consolidaria.
Desde antes da I Guerra Mundial, atravessar o Atlântico sem escalas era a meta dos aeronautas e projetistas de aviões. Em 1919, Raymond Orteig, de Nova Iorque, ofereceu um prêmio de US$ 25.000,00 __5__ quem voasse de Nova Iorque a Paris, sem escalas.
<http://www.portalbrasil.net/aviacao_historia.htm>. Acesso em: 13/12/2015 (com adaptações).

Questão 5

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 6

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale a opção correspondente a erro de grafia inserido no texto.

Há alguma controvérsia (1) entre o primeiro voo da história, entre Santos Dumont e os irmãos Orville e Wilbur Wright. No entanto, deve-se lembrar que grandes invenções como o avião são converjências (2) de vários outros experimentos e feitos anteriores, em uma época de intensa (3) atividade científica. Assim como o cinema, o rádio, o balão de ar quente e várias outras invenções da modernidade, não há um inventor único, apenas aquele que consegue convencer (4) mais pessoas de que a invenção é sua.

Independentemente disso, o 14-Bis fez seu inesquecível (5) voo no dia 23 de outubro de 1906, pelas mãos de um brasileiro, marcando para sempre a data no mundo e em nosso país. A data foi transformada em Dia do Aviador pela Lei n. 218, de 4 de julho de 1936, pelo então Presidente do Brasill, Getúlio Vargas.
http://www.anac.gov.br/Noticia.aspx?ttCD_CHAVE=1960&slCD_ ORIGEM=29>. Acesso em: 13/12/2015 (com adaptações).

Questão 7

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale a opção que preenche as lacunas do texto de forma que o torne coeso, coerente e gramaticalmente correto.

O transporte internacional passou _1_ ser utilizado em larga escala depois da II Guerra Mundial, por aviões cada vez maiores e mais velozes. A introdução dos motores _2_ jato, usados pela primeira vez em aviões comerciais (Comet), em 1952, pela BOAC (empresa de aviação comercial inglesa), deu maior impulso _3_ aviação como meio de transporte. No final da década de 1950, começaram _4_ ser usados os Caravelle, de fabricação francesa (Marcel Daussaud/ Sud Aviation). Nos Estados Unidos, entravam em serviço em 1960 os jatos Boeing 720 e 707 e dois anos depois o Douglas DC-8 e o Convair 880. Em seguida apareceram os aviões turbo-hélices, mais econômicos e de grande potência. Soviéticos, ingleses, franceses e norte-americanos passaram _5_ estudar a construção de aviões comerciais cada vez maiores, para centenas de passageiros, e _6_ dos chamados "supersônicos", _7_ velocidades duas ou três vezes maiores que a do som. Nesse item dos supersônicos, _8_ estrelas internacionais foram o Concorde (franco-britânico) e o Tupolev (russo), que transportavam 144 passageiros e voaram até os anos 90, mas, devido aos elevados custos de manutenção, passagens e combustíveis, eles acabaram por ter as suas produções suspensas.
http://www.portalbrasil.net/aviacao_historia.htm. Acesso em: 13/12/2015 (com adaptações).

Questão 8

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 9

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 10

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale a opção correta quanto à justificativa em relação ao emprego de vírgulas.

O mercado de jatos executivos está em alta há alguns anos, e os maiores mercados são Estados Unidos, Brasil, França, Canadá, Alemanha, Inglaterra, Japão e México. Também nesse segmento a Embraer é destaque, apesar de disputar ferozmente esse mercado com outras indústrias poderosas, principalmente a canadense Bombardier. A Embraer S.A. está desenvolvendo também uma aeronave militar, batizada de KC-390, que substituirá os antigos Hércules C-130, da Força Aérea Brasileira. Para essa aeronave a Embraer S.A. já soma algumas centenas de pedidos e reservas.
<http://www.portalbrasil.net/aviacao_historia.htm> Acesso em: 13/12/2015 (com adaptações).

As vírgulas no trecho "... os maiores mercados são Estados Unidos, Brasil, França, Canadá, Alemanha, Inglaterra, Japão e México." separam

Questão 11

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale a opção que apresenta explicação correta para a inserção de "que é" antes do segmento grifado no texto.

A Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República divulgou recentemente a pesquisa O Brasil que voa – Perfil dos Passageiros, Aeroportos e Rotas do Brasil, o mais completo levantamento sobre transporte aéreo de passageiros do País. Mais de 150 mil passageiros, ouvidos durante 2014 nos 65 aeroportos responsáveis por 98% da movimentação aérea do País, revelaram um perfil inédito do setor.
<http://www.anac.gov.br/Noticia.aspx?ttCD_CHAVE=1957&slCD_ ORIGEM=29>. Acesso em: 13/12/2015 (com adaptações).

Questão 12

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 13

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale a opção que preenche as lacunas do texto de forma que o torne coeso, coerente e gramaticalmente correto.

A auditoria presencial da Organização de Aviação Civil Internacional (OACI) informou recentemente que a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) alcançou 96,49% __1__ conformidade no Universal Safety Oversight Audit Programme – Continuous Monitoring Approach (USOAP CMA), programa lançado __2__ resposta às preocupações __3__ adequação da vigilância da segurança operacional da aviação civil em todo o mundo. O resultado preliminar obtido __4__ Agência coloca o país __5__ quarto lugar no ranking de segurança operacional da aviação no mundo, ficando atrás __6__ Coreia do Sul, de Cingapura e dos Emirados Árabes Unidos. A nota obtida pela ANAC demonstra o desenvolvimento da Agência, a evolução de sua maturidade institucional e o aprimoramento da segurança operacional da aviação civil no país. <http://www.anac.gov.br/Noticia.aspx?ttCD_CHAVE=1981&slCD_ ORIGEM=29>. Acesso em: 13/12/2015 (com adaptações).

Questão 14

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
Terceiro maior mercado de aviação do mundo,
 
o Brasil deu um salto de 17 posições no ranking de
 
segurança operacional da aviação civil em relação à
 
última auditoria realizada pela Organização de Aviação
5
Civil Internacional (OACI). Em 2009, a Agência Nacional
 
de Aviação Civil (ANAC) obteve aprovação de 87,6% e
 
passou a ocupar a 21a posição nessa avaliação. Hoje
 
está em quarto lugar. O Universal Safety Oversight
 
Audit Programme - Continuous Monitoring Approach
10
(USOAP CMA) tem como objetivo promover a
 
segurança operacional da aviação global por meio
 
de auditorias e missões presenciais regulares nos
 
sistemas de vigilância de segurança em todos os 191
 
Estados-Membros da OACI. A auditoria foi realizada
15
na sede da ANAC, em Brasília, recentemente. Esses
 
resultados demonstram o empenho dos servidores
 
da Agência na regulação e gerenciamento da
 
segurança operacional. Vale lembrar que a Agência
 
Nacional de Aviação Civil (ANAC) também obteve
20
bom desempenho na auditoria do Universal Security
 
Audit Program (USAP), programa similar da OACI
 
direcionado à área de security (segurança contra atos
 
de interferência ilícita), alcançando 97% na avaliação.
<http://www.anac.gov.br/Noticia.aspx?ttCD_CHAVE=1981&slCD_ ORIGEM=29>. Acesso em: 13/12/2015 (com adaptações).
Assinale a opção em que a substituição sugerida provoca erro gramatical e/ou incoerência textual.

Questão 15

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 16

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale a opção que preenche as lacunas do texto de forma que o torne coeso, coerente e gramaticalmente correto.

Com capacidade __1__ transportar nove passageiros __2__ velocidade de cruzeiro de 150 knots e altitude de 20.000 pés com MTOW de 3.700 kg, a aeronave EC145 T2 é equipada __3__ dois motores turbo-eixo Turbomeca Arriel 2E, cada um deles controlado __4__ sistema de gerenciamento computadorizado (FADEC) duplicado, que entrega __5__ caixa de redução principal uma potência de 490 kW (710 shp). Uma das principais inovações do modelo foi a substituição do rotor de cauda convencional __6__ do tipo Fenestron que, entre outras características aerodinâmicas, proporciona considerável redução do nível de ruído na cabine. A nova suíte de aviônicos Helionix, da Airbus Helicopters, vem equipada __7__ piloto automático de quatro eixos e displays com novas funcionalidades. O processo de certificação da aeronave na ANAC empregou 350 horas e envolveu seis servidores da Agência (coordenador do programa e cinco engenheiros).
<http://www.anac.gov.br/Noticia.aspx?ttCD_CHAVE=2017>. Acesso em: 13/12/2015 (com adaptações).

Questão 17

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale a opção que apresenta ideia corretamente depreendida do texto.

Produzido por Marco Altberg e sua esposa Maiza Figueira de Mello, o documentário "Panair: Uma história de amor com o Brasil" traz de volta a história glamourosa daquela que foi uma das mais importantes companhias aéreas do Brasil e que desperta saudades em todos aqueles que tiveram a oportunidade de voar em suas aeronaves ou que simplesmente ficavam observando os aviões cruzarem os céus com a tradicional faixa verde, levando as cores do Brasil para o mundo inteiro.
Responsável pela popularização do transporte aéreo no país, a empresa teve suas atividades interrompidas em 1965, num corriqueiro despacho oficial injustificável. Até hoje essa história permanece sem explicações satisfatórias. É uma mancha na história da aviação brasileira, que a justiça ainda não explicou e que ofuscou o brilho dos famosos Constellations, tirou o permanente sorriso do rosto das aeromoças, guardou o impecável uniforme nas gavetas, mas não pôde apagar a estima e a saudade que ficou no coração do brasileiro.
<http://www.areliquia.com.br/Artigos%20Anteriores/58Panair.htm>. Acesso em: 13/12/2015 (com adaptações)

Questão 18

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Leia os trechos a seguir e ordene-os nos parênteses de modo que preservem a coerência e a coesão textual.

( ) Assim surgiu a Panair do Brasil, que possuía 100% do capital americano. O capital nacional só começou a entrar na empresa a partir de 1942.
( ) Inicialmente o coronel veio conversar com o governo brasileiro para entrar na concorrência do transporte de malas postais na América do Sul.
( ) A Panair teve origem na empresa Nyrba ─ New York Rio Buenos Aires Lines Inc ─, que chegou ao Brasil através do Coronel Ralph O' Neil, da Marinha Americana.
( ) O vôo inaugural se deu em 24 de janeiro de 1930, entre Rio de Janeiro e Fortaleza, com escalas em Campos, Vitória, Caravelas, Ilhéus, Salvador, Aracaju, Maceió, Recife e Natal incluindo o pernoite em Salvador. No total, a viagem durava 34h50 em cada sentido da rota.
( ) Somente em 1930 O' Neil conseguiu autorização para operar linhas aéreas no Brasil. A crise da bolsa de New York atrapalhou os negócios da Nyrba, que terminou por ser incorporada pela Pan American, um gigante da aviação americana.
<http://www.areliquia.com.br/Artigos%20Anteriores/58Panair.htm>. Acesso em: 13/12/2015 (com adaptações).

A sequência correta obtida é

Questão 19

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 20

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale a opção que apresenta substituição correta para a forma verbal contribuiu (l. 6).

No início da década de 60, trinta anos depois de sua fundação, a Panair já era totalmente nacional. Era uma época de crise na aviação comercial brasileira, pois todas as companhias apresentavam problemas operacionais e crescentes dívidas para a modernização geral do serviço que prestavam. Uma novidade contribuiu para apertar ainda mais a situação financeira dessas empresas — a inflação. Apesar disso, não foram esses problemas, comuns às concorrentes, que causaram a extinção da Panair.
<http://www.areliquia.com.br/Artigos%20Anteriores/58Panair.htm>. Acesso em: 13/12/2015 (com adaptações).

Questão 21

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1

» Esta questão foi anulada pela banca.
1
A weaker global economy — and a slowdown in China — will
 
likely dampen some of the growth in air travel over the next
 
two decades.
 
The International Air Transport Association says the number
5
of airline passengers is expected to double to 7 billion by
 
2034. That figure marks a decrease from a prior forecast
 
of passengers totaling 7.4 billion in 2034, reflecting lower
 
economic growth in China that will be likely to reduce demand
 
for travel and potentially limit airplane orders for manufacturers
10
Boeing and Airbus.
 
Despite the lower forecast, China is expected to add 758 million
 
new passengers for a total of 1.2 billion flyers. Those gains
 
would likely mean that China surpasses the United States as
 
the world’s largest passenger market by 2029.
According to the text, a reduction in word economic growth means that

Questão 22

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
A weaker global economy — and a slowdown in China — will
 
likely dampen some of the growth in air travel over the next
 
two decades.
 
The International Air Transport Association says the number
5
of airline passengers is expected to double to 7 billion by
 
2034. That figure marks a decrease from a prior forecast
 
of passengers totaling 7.4 billion in 2034, reflecting lower
 
economic growth in China that will be likely to reduce demand
 
for travel and potentially limit airplane orders for manufacturers
10
Boeing and Airbus.
 
Despite the lower forecast, China is expected to add 758 million
 
new passengers for a total of 1.2 billion flyers. Those gains
 
would likely mean that China surpasses the United States as
 
the world’s largest passenger market by 2029.
It can be inferred that the annual number of passengers traveling by air is now around

Questão 23

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
A weaker global economy — and a slowdown in China — will
 
likely dampen some of the growth in air travel over the next
 
two decades.
 
The International Air Transport Association says the number
5
of airline passengers is expected to double to 7 billion by
 
2034. That figure marks a decrease from a prior forecast
 
of passengers totaling 7.4 billion in 2034, reflecting lower
 
economic growth in China that will be likely to reduce demand
 
for travel and potentially limit airplane orders for manufacturers
10
Boeing and Airbus.
 
Despite the lower forecast, China is expected to add 758 million
 
new passengers for a total of 1.2 billion flyers. Those gains
 
would likely mean that China surpasses the United States as
 
the world’s largest passenger market by 2029.
Paragraph 2 indicates that aircraft manufacturers would be wise to expect

Questão 24

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
A weaker global economy — and a slowdown in China — will
 
likely dampen some of the growth in air travel over the next
 
two decades.
 
The International Air Transport Association says the number
5
of airline passengers is expected to double to 7 billion by
 
2034. That figure marks a decrease from a prior forecast
 
of passengers totaling 7.4 billion in 2034, reflecting lower
 
economic growth in China that will be likely to reduce demand
 
for travel and potentially limit airplane orders for manufacturers
10
Boeing and Airbus.
 
Despite the lower forecast, China is expected to add 758 million
 
new passengers for a total of 1.2 billion flyers. Those gains
 
would likely mean that China surpasses the United States as
 
the world’s largest passenger market by 2029.
'Those gains' in Paragraph 3 line 2 refers to

Questão 25

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
1 CARE Acquiring a new aircraft is already a complex enough
 
process. Acquiring a pre-owned aircraft can be an even more
 
challenging task. The industry has its fair share of brokers
 
and experts all willing to offer you the best deal in town but,
5
regrettably, once you have signed and the aircraft is delivered,
 
they tend to vanish as they move onto the next deal. Our
 
philosophy is very different. Every Embraer aircraft we lease
 
has passed through our own Embraer facilities. Every aircraft
 
is treated with a level of service and care that can only come
10
from those who built them in the first place.
 
2 SUPPORT In choosing one of our pre-owned aircraft, all of
 
our customers share a common goal: to ensure that the aircraft
 
delivered perform seamlessly from day one and continue to
 
perform for many years to come. In response to this, we offer
15
the Lifetime Program by Embraer. This program represents a
 
first in the industry and is the result of a very detailed review
 
between ECC and Embraer on how best to support our
 
customers. The Lifetime Program is unique to pre-owned
 
Embraer aircraft and offers a wide range of services from start-
20
up through operation.
 
3 RELIABLE So when an ECC pre-owned aircraft is offered
 
for delivery to its new home you can rest assured that it will
 
provide many years of happy, reliable service. Our focus does
 
not end there since we value the relationships we build with
25
our customers. Our Lifetime Program is testament to this.
 
This is a unique and new service from Embraer to support our
 
used aircraft. We invite you to learn, in greater detail, how it
 
will not only enhance your operation, but also keep your Chief
 
Financial Officer happy. Transparency in costs and flexibility
30
in adapting to your needs. It is our way of showing that every
 
Embraer aircraft we offer has our seal of approval. Coming
 
from the manufacturer, that’s no small thing.
Source: http://www.eccleasing.com/Pages/fator.aspx [slightly adapted]
The main aim of the text is to convince potential customers that

Questão 26

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
1 CARE Acquiring a new aircraft is already a complex enough
 
process. Acquiring a pre-owned aircraft can be an even more
 
challenging task. The industry has its fair share of brokers
 
and experts all willing to offer you the best deal in town but,
5
regrettably, once you have signed and the aircraft is delivered,
 
they tend to vanish as they move onto the next deal. Our
 
philosophy is very different. Every Embraer aircraft we lease
 
has passed through our own Embraer facilities. Every aircraft
 
is treated with a level of service and care that can only come
10
from those who built them in the first place.
 
2 SUPPORT In choosing one of our pre-owned aircraft, all of
 
our customers share a common goal: to ensure that the aircraft
 
delivered perform seamlessly from day one and continue to
 
perform for many years to come. In response to this, we offer
15
the Lifetime Program by Embraer. This program represents a
 
first in the industry and is the result of a very detailed review
 
between ECC and Embraer on how best to support our
 
customers. The Lifetime Program is unique to pre-owned
 
Embraer aircraft and offers a wide range of services from start-
20
up through operation.
 
3 RELIABLE So when an ECC pre-owned aircraft is offered
 
for delivery to its new home you can rest assured that it will
 
provide many years of happy, reliable service. Our focus does
 
not end there since we value the relationships we build with
25
our customers. Our Lifetime Program is testament to this.
 
This is a unique and new service from Embraer to support our
 
used aircraft. We invite you to learn, in greater detail, how it
 
will not only enhance your operation, but also keep your Chief
 
Financial Officer happy. Transparency in costs and flexibility
30
in adapting to your needs. It is our way of showing that every
 
Embraer aircraft we offer has our seal of approval. Coming
 
from the manufacturer, that’s no small thing.
Source: http://www.eccleasing.com/Pages/fator.aspx [slightly adapted]
A pre-owned aircraft (#1 lines 2) refers to a plane that

Questão 27

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
1 CARE Acquiring a new aircraft is already a complex enough
 
process. Acquiring a pre-owned aircraft can be an even more
 
challenging task. The industry has its fair share of brokers
 
and experts all willing to offer you the best deal in town but,
5
regrettably, once you have signed and the aircraft is delivered,
 
they tend to vanish as they move onto the next deal. Our
 
philosophy is very different. Every Embraer aircraft we lease
 
has passed through our own Embraer facilities. Every aircraft
 
is treated with a level of service and care that can only come
10
from those who built them in the first place.
 
2 SUPPORT In choosing one of our pre-owned aircraft, all of
 
our customers share a common goal: to ensure that the aircraft
 
delivered perform seamlessly from day one and continue to
 
perform for many years to come. In response to this, we offer
15
the Lifetime Program by Embraer. This program represents a
 
first in the industry and is the result of a very detailed review
 
between ECC and Embraer on how best to support our
 
customers. The Lifetime Program is unique to pre-owned
 
Embraer aircraft and offers a wide range of services from start-
20
up through operation.
 
3 RELIABLE So when an ECC pre-owned aircraft is offered
 
for delivery to its new home you can rest assured that it will
 
provide many years of happy, reliable service. Our focus does
 
not end there since we value the relationships we build with
25
our customers. Our Lifetime Program is testament to this.
 
This is a unique and new service from Embraer to support our
 
used aircraft. We invite you to learn, in greater detail, how it
 
will not only enhance your operation, but also keep your Chief
 
Financial Officer happy. Transparency in costs and flexibility
30
in adapting to your needs. It is our way of showing that every
 
Embraer aircraft we offer has our seal of approval. Coming
 
from the manufacturer, that’s no small thing.
Source: http://www.eccleasing.com/Pages/fator.aspx [slightly adapted]
The 'unique and new service' referred to in #3 line 6 is

Questão 28

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
1 CARE Acquiring a new aircraft is already a complex enough
 
process. Acquiring a pre-owned aircraft can be an even more
 
challenging task. The industry has its fair share of brokers
 
and experts all willing to offer you the best deal in town but,
5
regrettably, once you have signed and the aircraft is delivered,
 
they tend to vanish as they move onto the next deal. Our
 
philosophy is very different. Every Embraer aircraft we lease
 
has passed through our own Embraer facilities. Every aircraft
 
is treated with a level of service and care that can only come
10
from those who built them in the first place.
 
2 SUPPORT In choosing one of our pre-owned aircraft, all of
 
our customers share a common goal: to ensure that the aircraft
 
delivered perform seamlessly from day one and continue to
 
perform for many years to come. In response to this, we offer
15
the Lifetime Program by Embraer. This program represents a
 
first in the industry and is the result of a very detailed review
 
between ECC and Embraer on how best to support our
 
customers. The Lifetime Program is unique to pre-owned
 
Embraer aircraft and offers a wide range of services from start-
20
up through operation.
 
3 RELIABLE So when an ECC pre-owned aircraft is offered
 
for delivery to its new home you can rest assured that it will
 
provide many years of happy, reliable service. Our focus does
 
not end there since we value the relationships we build with
25
our customers. Our Lifetime Program is testament to this.
 
This is a unique and new service from Embraer to support our
 
used aircraft. We invite you to learn, in greater detail, how it
 
will not only enhance your operation, but also keep your Chief
 
Financial Officer happy. Transparency in costs and flexibility
30
in adapting to your needs. It is our way of showing that every
 
Embraer aircraft we offer has our seal of approval. Coming
 
from the manufacturer, that’s no small thing.
Source: http://www.eccleasing.com/Pages/fator.aspx [slightly adapted]
The word 'seamlessly' in #2 line 3 means

Questão 29

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
1 CARE Acquiring a new aircraft is already a complex enough
 
process. Acquiring a pre-owned aircraft can be an even more
 
challenging task. The industry has its fair share of brokers
 
and experts all willing to offer you the best deal in town but,
5
regrettably, once you have signed and the aircraft is delivered,
 
they tend to vanish as they move onto the next deal. Our
 
philosophy is very different. Every Embraer aircraft we lease
 
has passed through our own Embraer facilities. Every aircraft
 
is treated with a level of service and care that can only come
10
from those who built them in the first place.
 
2 SUPPORT In choosing one of our pre-owned aircraft, all of
 
our customers share a common goal: to ensure that the aircraft
 
delivered perform seamlessly from day one and continue to
 
perform for many years to come. In response to this, we offer
15
the Lifetime Program by Embraer. This program represents a
 
first in the industry and is the result of a very detailed review
 
between ECC and Embraer on how best to support our
 
customers. The Lifetime Program is unique to pre-owned
 
Embraer aircraft and offers a wide range of services from start-
20
up through operation.
 
3 RELIABLE So when an ECC pre-owned aircraft is offered
 
for delivery to its new home you can rest assured that it will
 
provide many years of happy, reliable service. Our focus does
 
not end there since we value the relationships we build with
25
our customers. Our Lifetime Program is testament to this.
 
This is a unique and new service from Embraer to support our
 
used aircraft. We invite you to learn, in greater detail, how it
 
will not only enhance your operation, but also keep your Chief
 
Financial Officer happy. Transparency in costs and flexibility
30
in adapting to your needs. It is our way of showing that every
 
Embraer aircraft we offer has our seal of approval. Coming
 
from the manufacturer, that’s no small thing.
Source: http://www.eccleasing.com/Pages/fator.aspx [slightly adapted]
The pronoun 'they' occurs twice in #1 line 6, referring to

Questão 30

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
1 CARE Acquiring a new aircraft is already a complex enough
 
process. Acquiring a pre-owned aircraft can be an even more
 
challenging task. The industry has its fair share of brokers
 
and experts all willing to offer you the best deal in town but,
5
regrettably, once you have signed and the aircraft is delivered,
 
they tend to vanish as they move onto the next deal. Our
 
philosophy is very different. Every Embraer aircraft we lease
 
has passed through our own Embraer facilities. Every aircraft
 
is treated with a level of service and care that can only come
10
from those who built them in the first place.
 
2 SUPPORT In choosing one of our pre-owned aircraft, all of
 
our customers share a common goal: to ensure that the aircraft
 
delivered perform seamlessly from day one and continue to
 
perform for many years to come. In response to this, we offer
15
the Lifetime Program by Embraer. This program represents a
 
first in the industry and is the result of a very detailed review
 
between ECC and Embraer on how best to support our
 
customers. The Lifetime Program is unique to pre-owned
 
Embraer aircraft and offers a wide range of services from start-
20
up through operation.
 
3 RELIABLE So when an ECC pre-owned aircraft is offered
 
for delivery to its new home you can rest assured that it will
 
provide many years of happy, reliable service. Our focus does
 
not end there since we value the relationships we build with
25
our customers. Our Lifetime Program is testament to this.
 
This is a unique and new service from Embraer to support our
 
used aircraft. We invite you to learn, in greater detail, how it
 
will not only enhance your operation, but also keep your Chief
 
Financial Officer happy. Transparency in costs and flexibility
30
in adapting to your needs. It is our way of showing that every
 
Embraer aircraft we offer has our seal of approval. Coming
 
from the manufacturer, that’s no small thing.
Source: http://www.eccleasing.com/Pages/fator.aspx [slightly adapted]
The expression " that’s no small thing" in Paragraph 3, last line could be replaced by

Questão 31

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A negação da proposição “se choveu, então o voo vai atrasar” pode ser logicamente descrita por

Questão 32

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Considere verdadeiras as premissas a seguir:

– Se Paulo é médico, então Sandra não é estudante.
– Se Sandra não é estudante, então Ana é secretária.
– Ou Ana não é secretária, ou Marina é enfermeira.
– Marina não é enfermeira.

Logo, pode-se concluir que:

Questão 33

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1

» Esta questão foi anulada pela banca.
Dado o polinômio P(x) = x3 - 8x2 + 19x - 12, pode-se afirmar corretamente que

Questão 34

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Sejam (3, 2) e (7, 5) dois pontos do espaço bidimensional, cuja unidade de medida de cada uma das coordenadas é dada em metros. Então, pode-se afirmar que a distância entre os pontos é igual a

Questão 35

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 36

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Os valores a seguir representam a quantidade de aviões que decolaram por hora durante as 10 primeiras horas de certo dia.

33 34 27 30 28 26 34 23 14 31

Logo, levando em consideração somente essas 10 horas, pode-se afirmar corretamente que

Questão 37

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 38

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Considere que, num determinado setor da ANAC, três pessoas, A, B e C, são responsáveis diariamente pelos relatórios das atividades desenvolvidas. Dos últimos 200 relatórios, A foi o responsável por 50, B foi responsável por 70 e C foi responsável por 80. Em 6% das vezes, o relatório de A apresenta algum tipo de erro, de B em 10% das vezes e de C em 5% das vezes. Seleciona-se ao acaso um relatório desses 200 e verifica-se que apresenta algum tipo de erro, então a probabilidade de ter sido elaborado por B é igual a

Questão 39

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Na tabela a seguir, estão listados os possíveis retornos de um projeto de investimentos e as respectivas probabilidades de ocorrências desses retornos:

O retorno médio esperado do Projeto A é igual a

Questão 40

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Em um determinado município, 70% da população é favorável a um certo projeto. Se uma amostra aleatória de cinco pessoas dessa população for selecionada, então a probabilidade de exatamente três pessoas serem favoráveis ao projeto é igual a

Questão 41

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A respeito dos contratos administrativos, analise as afirmativas abaixo classificando-as em verdadeiras (V), ou falsas (F). Ao final, assinale a opção que contenha a sequência correta.

( ) Em qualquer hipótese, é nulo e de nenhum efeito o contrato verbal com a administração.
( ) A administração pode dispensar o instrumento de contrato, independentemente de valor, nos casos de compra com entrega imediata e integral dos bens adquiridos da qual não resultem obrigações futuras.
( ) Da aplicação das penas de advertência, suspensão temporária e multa cabe recurso, sempre com efeito suspensivo, no prazo determinado em lei.

( ) A exceção do contrato não cumprido não é oponível, mesmo diante do atraso de pagamento superior a noventa dias, em caso de calamidade pública, grave perturbação da ordem interna ou guerra.

Questão 42

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A respeito do Decreto n. 7.746/2012, analise as questões abaixo classificando-as como verdadeiras (V) ou falsas (F). Ao final, assinale a opção que contenha a sequência correta.

( ) A Administração Pública Federal direta e indireta poderá exigir, no instrumento convocatório para a aquisição de bens, que estes sejam constituídos por material reciclado, atóxico ou biodegradável entre outros critérios de sustentabilidade.
( ) A adoção de critérios e práticas de sustentabilidade deverá ser justificada nos autos e preservar o caráter competitivo do certame.
( ) Compete à Comissão Interministerial de Sustentabilidade na Administração Pública a edição de normas para a elaboração de ações de logística sustentável.

Questão 43

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Analise as afirmativas abaixo acerca do processo de contratação de soluções em tecnologia da informação classificando-as em verdadeiras (V) ou falsas (F). Ao final, assinale a opção que contenha a sequência correta.

( ) Nos casos de contratação direta sem a realização de licitação, a fase de planejamento da contratação poderá ser abreviada.
( ) Nas licitações do tipo técnica e preço, deve-se proceder à avaliação do impacto de pontuação atribuída em relação ao total de pontos, observando-se se os critérios de maior peso são os mais relevantes e se a ponderação atende ao princípio da razoabilidade.
( ) Caberá à área de tecnologia conduzir as etapas da fase de seleção do fornecedor.
( ) A fase de gestão do contrato visa acompanhar e garantir a adequada prestação dos serviços e o fornecimento dos bens que compõem a solução de tecnologia da informação durante todo o período de execução do contrato.

Questão 44

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale a opção correta.

Questão 45

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A respeito das normas afetas aos servidores públicos, analise as afirmativas abaixo classificando-as em verdadeiras (V) ou falsas ( F). Ao final, assinale a opção que contenha a sequência correta.

( ) O servidor público eleito para o cargo de vereador poderá, caso haja compatibilidade de horários, acumular o exercício da vereança com seu cargo, função ou emprego público.
( ) Ao servidor ocupante exclusivamente de cargo em comissão aplica-se o Regime Geral da Previdência Social.
( ) Os cinco anos de exercício no cargo efetivo em que se dará a aposentadoria do servidor necessitam ser exercidos ininterruptamente.
( ) Compete à lei ordinária especificar as enfermidades graves, contagiosas ou incuráveis que ensejam aposentadoria por invalidez permanente com direito a proventos integrais.

Questão 46

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale a opção correta.

Questão 47

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Acerca do sistema de registro de preços, analise as afirmativas abaixo classificando-as em verdadeiras (V) ou falsas (F). Ao final, assinale a opção que contenha a sequência correta.

( ) A ata de registro de preços obriga tanto os fornecedores quanto a administração em relação à contratação.
( ) Na licitação para registro de preços, não é necessária a indicação de dotação orçamentária, que somente será exigida para a formalização do contrato ou de instrumento hábil.
( ) O Decreto n. 7.892/2013 permite que órgãos e entidades da Administração Pública Federal adiram à ata de registro de preços gerenciada por órgão ou entidade municipal, estadual ou distrital.

Questão 48

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 49

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A respeito da sanatória na Administração Pública, analise as afirmativas abaixo classificando-as em verdadeiras (V) ou falsas (F). Ao final, assinale a opção que contenha a sequência correta.

( ) A ratificação, retroagindo à origem do ato, opera ex tunc, com natureza declaratória.
( ) A reforma é o ato administrativo derivado pelo qual se elimina de um ato defeituoso sua parte viciada, mantendo-se a eficácia da parte sadia.
( ) Além da modalidade de conversão operada por ato administrativo, poderá também o legislador, de modo abstrato e geral, sanar genericamente uma categoria de atos defeituosos, atribuindo-lhes efeitos de atos legalmente íntegros.

Questão 50

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Entre os princípios informativos específicos dos serviços públicos, pode-se afirmar ser o princípio setorial mais importante por marcar sua vocação universal, isonômica e democrática o princípio da

Questão 51

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Considerando a Aplicabilidade das Normas Constitucionais, é correto afirmar:

Questão 52

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 53

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale a opção cuja norma constitucional expressa norma programática.

Questão 54

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Considerando-se a iniciativa de Emenda ao texto constitucional, conforme disposto no texto da Constituição Federal, é correto afirmar:

Questão 55

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
João, residente no Brasil, brasileiro nato, ante a falta de norma regulamentadora, está sendo coibido de exercitar prerrogativa inerente à sua nacionalidade. Assim, João, nos termos da Constituição Federal, deverá propor

Questão 56

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
As convenções internacionais que versarem sobre direitos humanos em que a República Federativa do Brasil seja parte, ao serem aprovadas em cada Casa do Congresso Nacional, serão equivalentes às emendas constitucionais se

Questão 57

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Nos termos da Constituição Federal, ao empregado sindicalizado que for eleito a cargo de representação sindical na condição de suplente,

Questão 58

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Nos termos da Constituição Federal, caso um Presidente da República cometa crime que afronte a lei orçamentária, será competente para julgá-lo, visto tratar-se de crime de responsabilidade, o(a)

Questão 59

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Conforme preceitua o texto constitucional: "A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho". Assim, o dever do Estado com a educação será efetivado mediante garantias, exceto

Questão 60

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Considerando-se as disposições constitucionais inerentes à Administração Pública, é correto afirmar:

Questão 61

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 62

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
O aparelho do Estado é composto por quatro setores distintos:

(1) Núcleo estratégico.
(2) Atividades exclusivas.
(3) Serviços não exclusivos.
(4) Produção de bens e serviços para o mercado.

Leia os trechos a seguir e ordene-os de acordo com os itens citados anteriormente.
( ) Corresponde à área de atuação empresarial, que explora atividades econômicas com fins lucrativos, mas que ainda permanecem no aparelho do Estado.
( ) Corresponde ao governo em sentido lato. É o setor que define as leis e as políticas públicas e cobra seu cumprimento. É o mais alto nível de decisão do governo.
( ) Corresponde ao setor em que o Estado atua simultaneamente com outras organizações públicas não estatais e privadas. As instituições desse setor não possuem o poder de Estado.
( ) É o setor em que são prestados serviços que só o Estado pode realizar. São serviços em que se exerce o poder extroverso do Estado ─ o poder de regulamentar, fiscalizar e fomentar.

Questão 63

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A respeito de Estado, governo e sociedade, analise as afirmativas abaixo, classificando-as em verdadeiras (V) ou falsas (F). Ao final, assinale a opção que contenha a sequência correta.

( ) O Estado brasileiro, ao longo de sua história, passou por três modelos de gestão (Administração Pública Patrimonialista, a Burocrática e a Gerencial). Isso aconteceu sem que houvesse um rompimento com algumas práticas do modelo substituído. Portanto, hoje, o país vive um Modelo Gerencial, apoiado na burocracia, com certa flexibilidade, mas com fortes traços de patrimonialismo.
( ) A estrutura organizacional do Estado brasileiro se divide em três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) e em três níveis (União, Estados-membros e municípios). Mesmo em Modelo de Administração Gerencial fortemente burocratizado, o Estado consegue atender bem as demandas da sociedade brasileira, principalmente nas áreas de educação, saúde e transporte.
( ) O aparelho do Estado é constituído pelo governo, isto é, pela cúpula dirigente nos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), por um corpo de funcionários e pela força militar. O Estado, por sua vez, é mais abrangente que o aparelho, pois compreende adicionalmente o sistema constitucional-legal, que regula a população nos limites de um território.
( ) A República Federativa do Brasil é formada pela união indissolúvel dos estados, dos municípios e do Distrito Federal, constituindo-se em Estado Democrático de Direito, e tem como fundamentos a soberania, a cidadania, a dignidade da pessoa humana, os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político.
( ) O paradigma gerencial contemporâneo, fundamentado nos princípios da confiança e da descentralização da decisão, exige formas flexíveis de gestão, horizontalização de estruturas, descentralização de funções e incentivo à criatividade, o que não contrapõe o formalismo e o rigor técnico da burocracia.

Questão 64

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 65

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A respeito dos modelos de governo existentes, pode-se afirmar que:

I. Os governos empreendedores concentram-se na busca de receitas não taxáveis, mensurando o nível de retorno de cada investimento.
II. Os governos tradicionais buscam realizar receitas extraordinárias em todas as suas atividades para minimizar a carga tributária sobre o cidadão.
III. Os governos tradicionais concentram-se na minimização dos custos, protelam gastos correntes necessários e acabam tendo de arcar no futuro com gastos vultosos para compensar a "economia" gerada anteriormente.

Assinale a opção que responda à questão de forma correta.

Questão 66

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Indique qual sistema de grande abrangência utilizado na administração pública pode ser entendido como um conjunto de ações modernizadoras vinculadas à administração pública e que começou a ganhar visibilidade no final da década de 1990 e nos últimos anos vem crescendo de forma acelerada em vários órgãos de governo.

Questão 67

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 68

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Leia as assertivas a seguir:

I. O Estado reduz seu papel de executor ou prestador direto de serviços. Contudo, mantém-se no papel de regulador e provedor ou promotor destes serviços, principalmente dos serviços sociais, como educação e saúde, que são essenciais para o desenvolvimento.
II. Como promotor de serviços, o Estado continuará a subsidiá-los, buscando, ao mesmo tempo, o controle social direto e a participação da sociedade.
III. Considerando que "governança" é a capacidade de governo do Estado e "governabilidade" é o poder para governar, pode-se dizer que o governo brasileiro não enfrenta problema de governança, mas carece de governabilidade.

Assilnale a opção correta.

Questão 69

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Indique qual é o programa capitaneado pelo Ministério do Planejamento e Orçamento que disponibiliza tecnologias de gestão capazes de estimular e promover a melhoria continuada de processos gerenciais e de resultados aos órgãos e às entidades públicas que delas se apropriarem.

Questão 70

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Correlacione as colunas abaixo e, ao final, assinale a opção que contenha a sequência correta para a coluna II.

Questão 71

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Indique quais os aspectos intangíveis que constituem o Capital Intelectual.

Questão 72

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Observa-se que, ao longo do tempo, o processo decisório tem evoluído de forma significativa, tanto no setor público quanto no privado. Sabe-se ainda que, no que se refere aos tipos de decisões, ele se divide em decisões programadas e decisões não programadas. Quanto às técnicas de tomada de decisões, são classificadas em tradicional e moderna.

Analise as colunas a seguir e, ao final, assinale a opção que contenha a sequência correta para a coluna II.

Questão 73

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 74

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Analise as sentenças a respeito do Ciclo de Vida do Projeto.

I. Por meio do Ciclo de Vida do Projeto, pode-se observar ─ ou criar ─ com antecipação e macroscopicamente o que se quer que aconteça com o projeto.
II. Ao elaborar o Ciclo de Vida de um Projeto, pode-se prever, prioritariamente, o consumo de recursos, etapa por etapa, durante todo o tempo demandado por ele.
III. A elaboração do Ciclo de Vida do Projeto permite elaborar um anteprojeto, um estudo de viabilidade alinhado com o que se pretende desenvolver.
IV. O Ciclo de Vida do Projeto representa desde seu nascimento, seu desenvolvimento e consolidação até seu encerramento.
V. A elaboração do Ciclo de Vida do Projeto é toda desenvolvida na fase I ─ Conceitual. É nessa fase que, procurando entender melhor o que se quer fazer, são definidos os grandes passos e o volume de recursos necessários.

Indique a quantidade de itens corretos.

Questão 75

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
O processo de mudança organizacional é decorrente de muitos fatores, e a maioria deles se altera constantemente. Esses fatores são denominados forças causadoras da mudança e podem ter origem tanto dentro quanto fora da organização. Assim, têm-se as Forças Internas de Mudança e as Forças Externas de Mudança.

Analise as assertivas a seguir:
I. As forças internas de mudança são compostas por: a) objetivos; b) políticas; c) atividades dos funcionários; d) tecnologias.
II. As forças internas de mudança são compostas por: a) objetivos; b) políticas; c) atividades dos funcionários; (D) tecnologias; e) condições educacionais.
III. Os fatores externos de mudança são compostos por: a) fatores políticos; b) fatores culturais; c) fatores sociais; (D) fatores tecnológicos; e) atividades dos funcionários; f) condições econômicas.
IV. Os fatores externos de mudança são compostos por: a) fatores políticos; b) fatores culturais; c) fatores sociais; (D) fatores tecnológicos; e) condições educacionais; f) condições econômicas.

Estão corretas apenas as assertivas

Questão 76

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Uma estratégia bem implantada é constituída de objetivos simples, consistentes e de longo prazo que devem, exceto:

Questão 77

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Uma ferramenta bastante utilizada na formulação de estratégias é a matriz SWOT (S ─ Strengths, W ─ Weaknesses, O ─ Opportunities e T ─ Threats). Nesse sentido, assinale a opção que está correta.

Questão 78

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Sobre Gestão de Desempenho, assinale a opção que determina a metodologia, ou ferramenta, ideal para gestão e planejamento estratégico de uma organização.

Questão 79

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
São critérios e procedimentos gerais a serem observados para a realização das avaliações de desempenho individual e institucional, exceto:

Questão 80

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A respeito das teorias sobre as escolas de planejamento estratégico, assinale a opção correta.

Questão 81

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1

» Esta questão foi anulada pela banca.
Sobre o método PDCA, analise os itens a seguir, classificando-os como certos ou errados. Após, escolha a opção correta.

I. A fase de execução do planejado também implica a formação e o treinamento dos colaboradores para a correta realização das metas estipuladas.
II. Na terceira etapa do ciclo PDCA, é preciso analisar os fatores que influenciam o problema, bem como identificar suas possíveis causas.
III. A última etapa consiste na comparação dos resultados alcançados com os resultados pretendidos.
IV. O PDCA é um método de trabalho sistêmico no qual a busca pela melhoria de processos ocorre de forma contínua.
V. Pode-se definir o plano de ação como o produto de todo o processo relacionado à primeira etapa.

Estão corretos apenas os itens

Questão 82

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
São características de uma estrutura organizacional orientada para a gestão por processos, exceto:

Questão 83

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão tem, entre suas áreas de competência, diversos assuntos ligados ao planejamento governamental, tais como:

I. Participação na __________ do planejamento estratégico nacional.
II. Coordenação e ___________ dos sistemas de planejamento e orçamento federal, de pessoal civil, de administração de recursos da informação e informática e de serviços gerais, bem como das ações de organização e modernização administrativa do governo federal.
III. Elaboração, acompanhamento e ____________ do plano plurianual de investimentos e dos orçamentos anuais.
IV. Avaliação dos impactos socioeconômicos das políticas e dos programas do governo federal e elaboração de estudos especiais para a __________________ de políticas.
V. Política e diretrizes para ______________ da Administração Pública Federal.

Assinale a opção que contém a sequência correta para o preenchimento das lacunas.

Questão 84

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Combinando as diferentes dimensões conceituais, podese afirmar que o Plano Estratégico pode ser formulado nos seguintes termos, exceto:

Questão 85

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 86

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A antiga administração de recursos humanos cedeu lugar a uma nova abordagem, a gestão de pessoas. Nessa nova concepção, os dirigentes e suas equipes devem estar atentos às novas perspectivas e tendências que afetam as organizações como um todo. Nesse sentido, as organizações devem promover determinadas atitudes, exceto:

Questão 87

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
De acordo com a Lei n. 8.112, de 11 de dezembro de 1990, são requisitos básicos para investidura em cargo público, exceto:

Questão 88

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Segundo Chiavenato (2010), a gestão de pessoas é contingencial e situacional, pois depende de vários aspectos, como a estrutura organizacional adotada, a cultura que existe em cada organização, as características do contexto ambiental, o negócio da empresa, os processos internos e outras variáveis importantes. Analise os itens a seguir e escolha a opção correta.

I. A gestão por competências não deve somente mapear lacunas de competências entre a situação atual e a necessária, mas se preparar para desenvolver as competências que serão necessárias no futuro.
II. Em razão da importância da administração de recursos humanos no âmbito das organizações, o órgão de gestão de pessoas deve estar posicionado no nível decisório da estrutura organizacional, o que corresponde ao nível hierárquico de diretoria.
III. Os profissionais de recursos humanos devem preocuparse em garantir que os empregados façam corretamente as tarefas, com base nos padrões definidos pela organização, para garantir a eficiência e o alcance dos objetivos organizacionais e individuais.
IV. Para que seja realizado com sucesso, o processo de gestão de pessoas deve ser contínuo e envolver toda a organização.
V. Os líderes devem acompanhar de perto seu time, devendo mostrar conhecimento sobre as dúvidas que eventualmente surgirem.

Estão corretos apenas os itens

Questão 89

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 90

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 91

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Os principais mecanismos e instrumentos de gestão estratégica de pessoas são, exceto:

Questão 92

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 93

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
É possível admitir que alguns procedimentos podem ser adotados para motivar pessoas. Entre as possibilidades podemos destacar os itens abaixo, exceto:

Questão 94

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Sobre o recrutamento e a seleção, julgue os itens a seguir como certos ou errados. Após, escolha a opção correta.

I. O recrutamento consiste na procura e na atração de candidatos para uma determinada função.
II. A seleção consiste na escolha e na tomada do candidato que ocupará o cargo disponível. Tanto o recrutamento quanto a seleção fazem parte de um processo maior, que é suprir e prover a organização de talentos e competências necessárias.
III. Antes de qualquer processo seletivo, faz-se necessário o levantamento do perfil adequado do candidato que deverá preencher a vaga. O perfil para o cargo deve ser definido se adequando às competências necessárias para que a vaga disponível venha a ser ocupada de acordo com os objetivos da empresa.
IV. O recrutamento interno pode envolver: transferência de pessoal de uma posição para outra, promoções de um nível para outro, transferências com promoções de pessoal, programas de desenvolvimento pessoal e planos de carreira de pessoal.
V. O recrutamento e a seleção não são uma atividade que deve ficar restrita à área de gestão de pessoas.

Estão corretos os itens

Questão 95

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 96

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale a opção que contempla uma das competências constitucionais do Tribunal de Contas da União.

Questão 97

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 98

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Considerando o definido no Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (MCASP ─ 6ª edição), assinale a opção correta.

O Manual:

Questão 99

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A Lei de Responsabilidade Fiscal define, em seu art. 25, o conceito de "Transferência Voluntária". A entrega de recursos correntes ou de capital a outro ente da federação deve ser registrado como "Receita" apenas no momento da efetiva transferência financeira ou quando houver uma cláusula contratual garantindo a transferência de recursos após o cumprimento de determinadas etapas do contrato.

Assinale, entre as opções abaixo, aquela que se enquadra como "Transferência Voluntária", nos termos do definido na Lei Complementar no. 101/2000 e no Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público (MCASP - 6a edição).

Questão 100

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Para a realização de Empenho de Despesa no SIAFI, relativo a despesas de uma Unidade Gestora, com energia elétrica ao longo do exercício, utiliza-se o denominado:

Questão 101

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
O Decreto-Lei 200, de 1967, foi um grande marco na reestruturação da Administração Federal brasileira. Considerando o disposto nesse Decreto, analise as alternativas abaixo e assinale a opção correta.

Questão 102

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A implantação de um "Novo Modelo de Contabilidade Aplicada ao Setor Público" tem como um dos objetivos convergir as práticas de contabilidade vigentes aos padrões estabelecidos nas Normas Internacionais de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público (NICSP). O Decreto no. 6.976/2009 estabeleceu objetivos para o Sistema de Contabilidade Federal, que envolvem a padronização e a consolidação das contas nacionais, a busca da convergência aos padrões internacionais de contabilidade, respeitados os aspectos formais e conceituais já estabelecidos na legislação vigente e o acompanhamento contínuo das normas contábeis aplicadas ao setor público, de modo a garantir que os princípios fundamentais de contabilidade sejam respeitados no âmbito do setor público.

Considerando o processo informado no texto, assinale a opção correta no que se refere à implantação do novo modelo informado.

Questão 103

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Analise as seguintes proposições sobre o Sistema de Contabilidade Federal, nos termos do definido na Lei n. 10.180/2001.

I. A Secretaria de Orçamento Federal (SOF) é o órgão central.
II. O órgão de controle interno da Casa Civil exercerá as atividades de órgão setorial contábil de todos os órgãos integrantes da Presidência da República.
III. Os órgãos setoriais têm subordinação exclusiva ao órgão central do Sistema de Contabilidade Federal.

Podemos afirmar, acerca das proposições acima, que:

Questão 104

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Considerando as características dos principais documentos de entrada de dados no SIAFI, assinale a opção incorreta.

Questão 105

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 106

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Conforme definido no Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (MCASP ─ 6a edição), são Princípios Orçamentários, exceto:

Questão 107

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
O Plano de Contas Aplicado ao Setor Público (PCASP/2015) recebeu alterações em relação a sua edição anterior, com a criação de novas contas, em observação ao previsto na legislação. Como exemplo de conta criada para o PCASP/2105, temos:

Questão 108

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Sendo observados os limites globais de empenho e movimentação financeira, avalie as seguintes sentenças no que se refere à inscrição em Restos a Pagar Processados .

I. A despesa deve ter sido prévia e legalmente empenhada.
II. A despesa tenha sido liquidada, mas não paga no exercício.
III. O empenho tenha sido cancelado previamente à inscrição.

Podemos afirmar que:

Questão 109

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
O Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (MCASP ─ 6a edição) define como "Receitas Orçamentárias" as disponibilidades de recursos financeiros que ingressam durante o exercício orçamentário e que constituam elemento novo para o patrimônio público.

Indique, entre as opções a seguir, aquela que contempla somente recursos financeiros que não devam ser reconhecidos como "Receitas Orçamentárias", à luz do definido no Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público informado.

Questão 110

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1

» Esta questão foi anulada pela banca.
Em relação à reabertura de créditos extraordinários, avalie as seguintes proposições.

Os créditos extraordinários podem ser reabertos desde que:
I. tenham sido destinados para atender a despesas imprevisíveis e urgentes, tais como guerra, comoção intestina ou calamidade pública.
II. tenham sido abertos por meio de Medida Provisória do Poder Executivo.
III. tenham sido abertos nos últimos quatro meses do exercício anterior e reabertos nos limites de seus saldos, sendo incorporados ao orçamento do exercício seguinte.

Assinale a opção correta.

Questão 111

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Acerca do tema "Restos a Pagar", tal como prescreve o Decreto n. 93.872/86 e suas alterações, é correto afirmar que

Questão 112

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 113

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Denomina-se _____________________ o instrumento por meio do qual é ajustada a descentralização de crédito entre órgãos e/ou entidades integrantes dos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União para execução de ações de interesse da unidade orçamentária descentralizadora e consecução do objeto previsto no programa de trabalho, respeitada fielmente a classificação funcional programática.

Assinale a opção que preenche corretamente a lacuna acima.

Questão 114

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Ao tratar dos Princípios Orçamentários, a Constituição Federal admite exceções nos seguintes casos:

Questão 115

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A emissão de moeda é um exemplo de:

Questão 116

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Acerca da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF 101/2000), é correto afirmar que suas disposições

Questão 117

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Em regra, os créditos adicionais possuem vigência limitada ao encerramento do exercício em que são autorizados. Admite-se, porém, exceção apenas no caso dos créditos

Questão 118

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
O instrumento de programação utilizado para alcançar o objetivo de um programa, envolvendo um conjunto de operações limitadas no tempo, das quais resulta um produto que concorre para a expansão ou o aperfeiçoamento da ação de governo, é denominado

Questão 119

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 120

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
De acordo com a norma vigente, não se deve conceder suprimento de fundos nos seguintes casos, exceto:

Questão 121

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Os governos são necessários, da mesma forma que as instituições, para regular o funcionamento de uma sociedade. Com relação ao papel do Estado na economia, assinale a opção incorreta.

Questão 122

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A diversificação dos objetivos da intervenção governamental na atividade econômica requer um esforço organizado de planejamento e organização. Tais objetivos podem ser agrupados em quatro grandes categorias, exceto:

Questão 123

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Assinale o tributo cuja receita não é submetida a nenhuma repartição constitucional.

Questão 124

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Com relação ao Federalismo Fiscal, assinale a opção incorreta.

Questão 125

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Segundo os princípios teóricos de tributação, indique qual o objetivo do princípio da neutralidade fiscal.

Questão 126

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A principal função das receitas públicas é a de financiar os gastos públicos. Identifique a classificação correta, sob a ótica da captação de recursos, para o financiamento das despesas governamentais.

Questão 127

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Com base na Teoria das Finanças Públicas, identifique a única característica que não pertence a um bem público.

Questão 128

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 129

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
Do ponto de vista dos impostos, é incorreto afirmar que

Questão 130

ANAC 2016 - ESAF - Analista Administrativo - Área 1
A política fiscal é um dos instrumentos de política econômica do governo. Com relação à política fiscal, não se pode dizer que



Provas de Concursos » Esaf 2016