×
Analista Judiciário - Área Judiciária Analista Judiciário - Oficial de Justiça Avaliador Técnico Judiciário - Área Administrativa Analista Judiciário - Área Tecnologia da Informação Técnico Judiciário - Área Segurança Judiciária
×
TRT 6ª 2006 TRT 6ª 2012 TRT 6ª 2015

TRT 6ª 2018

Analista Judiciário - Área Administrativa

Questão 1

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 2

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 3

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 4

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 5

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 6

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 7

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
1
Em um trabalho de Gilles Lipovetsky e Jean Serroy, defende-se a ideia de que em nossos dias há o enaltecimento de uma
 
cultura global, a cultura-mundo, que, apoiando-se no apagamento das fronteiras, cria denominadores culturais dos quais participam
 
sociedades e indivíduos, apesar das diferentes tradições, crenças e línguas que lhes são próprias.
 
Embora seja um estudo perspicaz, algumas afirmações me parecem discutíveis. Uma que se diria pouco procedente consiste
5
em supor-se que, em vista de milhões de turistas visitarem locais como a Acrópole e os anfiteatros gregos da Sicília, a cultura não
 
perdeu valor em nosso tempo. Mas as visitas de multidões a grandes museus e monumentos históricos não representam um interesse
 
genuíno pela “alta cultura” (assim a chamam), visto que isso faz parte da obrigação do turista. Em vez de despertar seu interesse pelo
 
passado e pela arte, exonera-o de conhecê-los a fundo. Essas visitas dos turistas “em busca de distrações” desnaturam o significado
 
real desses museus e monumentos.
10
Um estudo recente do sociólogo Frédéric Martel mostra que tal “cultura-mundo” de que falavam Lipovetsky e Serroy já ficou
 
para trás, defasada pela voragem de nosso tempo.
 
As reportagens e os testemunhos coligidos por Martel são representativos de uma realidade que a sociologia e a filosofia ainda
 
não tinham se atrevido a reconhecer. A maioria das pessoas não consome hoje outra forma de cultura que não seja aquela que,
 
antes, era considerada passatempo, sem parentesco com as atividades intelectuais e artísticas que constituíam a cultura. O autor vê
15
com simpatia essa transformação, porque, graças a ela, a cultura do grande público arrebatou a vida cultural à pequena minoria, que
 
antes a monopolizava.
 
A diferença essencial entre a cultura do passado e o entretenimento de hoje é que os produtos daquela pretendiam
 
transcender o tempo presente, ao passo que os produtos deste são fabricados para serem consumidos no momento e desaparecer.
 
Para essa nova cultura são essenciais a produção industrial maciça e o sucesso comercial. A distinção entre preço e valor se
20
apagou. É bom o que tem sucesso; mau o que não conquista o público. O único valor existente é agora o fixado pelo mercado.
(Adaptado de: LLOSA, Mario Vargas. A civilização do espetáculo: Uma radiografia do nosso tempo e da nossa cultura. Rio de Janeiro: Objetiva, 2012. Edição digital)
Considerando que certas afirmações de Gilles Lipovetsky e Jean Serroy suscitam dúvida, Vargas Llosa

Questão 8

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 9

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 10

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 11

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 12

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
1
Em um trabalho de Gilles Lipovetsky e Jean Serroy, defende-se a ideia de que em nossos dias há o enaltecimento de uma
 
cultura global, a cultura-mundo, que, apoiando-se no apagamento das fronteiras, cria denominadores culturais dos quais participam
 
sociedades e indivíduos, apesar das diferentes tradições, crenças e línguas que lhes são próprias.
 
Embora seja um estudo perspicaz, algumas afirmações me parecem discutíveis. Uma que se diria pouco procedente consiste
5
em supor-se que, em vista de milhões de turistas visitarem locais como a Acrópole e os anfiteatros gregos da Sicília, a cultura não
 
perdeu valor em nosso tempo. Mas as visitas de multidões a grandes museus e monumentos históricos não representam um interesse
 
genuíno pela “alta cultura” (assim a chamam), visto que isso faz parte da obrigação do turista. Em vez de despertar seu interesse pelo
 
passado e pela arte, exonera-o de conhecê-los a fundo. Essas visitas dos turistas “em busca de distrações” desnaturam o significado
 
real desses museus e monumentos.
10
Um estudo recente do sociólogo Frédéric Martel mostra que tal “cultura-mundo” de que falavam Lipovetsky e Serroy já ficou
 
para trás, defasada pela voragem de nosso tempo.
 
As reportagens e os testemunhos coligidos por Martel são representativos de uma realidade que a sociologia e a filosofia ainda
 
não tinham se atrevido a reconhecer. A maioria das pessoas não consome hoje outra forma de cultura que não seja aquela que,
 
antes, era considerada passatempo, sem parentesco com as atividades intelectuais e artísticas que constituíam a cultura. O autor vê
15
com simpatia essa transformação, porque, graças a ela, a cultura do grande público arrebatou a vida cultural à pequena minoria, que
 
antes a monopolizava.
 
A diferença essencial entre a cultura do passado e o entretenimento de hoje é que os produtos daquela pretendiam
 
transcender o tempo presente, ao passo que os produtos deste são fabricados para serem consumidos no momento e desaparecer.
 
Para essa nova cultura são essenciais a produção industrial maciça e o sucesso comercial. A distinção entre preço e valor se
20
apagou. É bom o que tem sucesso; mau o que não conquista o público. O único valor existente é agora o fixado pelo mercado.
(Adaptado de: LLOSA, Mario Vargas. A civilização do espetáculo: Uma radiografia do nosso tempo e da nossa cultura. Rio de Janeiro: Objetiva, 2012. Edição digital)
Essas visitas dos turistas “em busca de distrações” desnaturam o significado real desses museus e monumentos. (2º parágrafo)

Transpondo-se a frase acima para a voz passiva, a forma verbal resultante será:

Questão 13

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 14

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 15

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 16

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 17

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 18

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
Considere a afirmação I como sendo FALSA e as outras três afirmações como sendo VERDADEIRAS.

I. Lucas é médico ou Marina não é enfermeira.
II. Se Arnaldo é advogado, então Lucas não é médico.
III. Ou Otávio é engenheiro, ou Marina é enfermeira, mas não ambos.
IV. Lucas é médico ou Paulo é arquiteto.

A partir dessas informações, é correto afirmar que

Questão 19

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 20

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 21

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
Um Analista comprou um pen drive de 16 GB para armazenar os filmes de uma campanha publicitária da organização em que trabalha. Quando estava gravando o sexto filme no pen drive, apareceu uma mensagem informando que não havia espaço suficiente para a gravação. Os 5 filmes que conseguiu gravar foram:
 
Filme1.mp4 - 3.950.000.000 bytes 
Filme2.mov - 900.250 KB 
Filme3.mp4 - 3700 MB 
Filme4.mpg - 3,35 GB 
Filme5.mp4 - 3.000.000.000 bytes 
 
Para a gravação NÃO ter ocorrido, o sexto arquivo pode ter qualquer tamanho

Questão 22

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 23

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 24

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 25

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A Lei Brasileira de Inclusão, em seu texto, no que diz respeito ao direito à igualdade e a não discriminação, prevê expressamente que a pessoa com deficiência

Questão 26

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A Lei nº 8.899/1994 assegura:

Questão 27

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 28

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
Considere que hipoteticamente Antonio seja servidor público da União e esteja afastado para exercer suas funções junto ao Tribunal Regional do Trabalho. Foi realizada representação escrita e fundamentada contra Antonio, que teria agido contrariamente às normas do Código de Ética do Tribunal. A Comissão de Ética, à qual foi dirigida a representação,

Questão 29

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 30

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
Nos termos da Lei nº 8.112/1990, a investidura em cargo público

Questão 31

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 32

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 33

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 34

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 35

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
Sobre o Poder Executivo, a Constituição Federal estabelece que:

Questão 36

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
À luz do que dispõe a Constituição Federal quanto ao regime de precatórios judiciais,

Questão 37

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 38

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 39

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 40

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
Lucas vendeu sua parte na sociedade Posto de Gasolina Boa Viagem Ltda. em 17/02/2017, data em que foi feita a averbação da modificação do contrato. Tendo em vista a responsabilidade do sócio retirante e esgotados os meios de execução da pessoa jurídica e dos sócios atuais, responde

Questão 41

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 42

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 43

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 44

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 45

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 46

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
Marcela, supervisora do setor de embalagens da Empresa de Lâmpadas CTMR Ltda. foi injustamente dispensada, sendo contratada uma empresa de serviços terceirizados. Marcela foi contratada imediatamente como empregada da empresa terceirizada. Neste caso, é correto afirmar que Marcela

Questão 47

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
Integram o universo de agentes alcançados pelo teto remuneratório constitucional, previsto no artigo 37, XI, da Constituição Federal, os servidores públicos ocupantes de cargos,

Questão 48

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
Cargos e empregos públicos recebem da Constituição Federal de 1998 o tratamento de unidades autônomas de atribuições, para o desempenho das quais

Questão 49

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 50

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 51

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 52

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
Conforme a Lei nº 8.666/1993, que institui normas para licitações e contratos da Administração pública e dá outras providências, a modalidade licitatória concorrência pública

Questão 53

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 54

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 55

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 56

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 57

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 58

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
O denominado Ciclo PDCA, também conhecido como Ciclo da Melhoria Contínua, consiste em

Questão 59

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 60

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 61

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
Os princípios orçamentários, extraídos da Constituição Federal e da legislação infraconstitucional que disciplina a matéria, contemplam, entre outros, o

Questão 62

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 63

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
Suponha que o Chefe do Executivo do Estado tenha decidido contemplar determinada carreira de servidores com a concessão de benefícios pecuniários, encaminhando ao Poder Legislativo projeto de lei nesse sentido. Ocorre que, estando no meio do exercício financeiro, constatou-se a insuficiência das dotações orçamentárias correspondentes para suportar a majoração de gastos. Diante de tal cenário, a solução para viabilizar, do ponto de vista orçamentário, a concessão e pagamento dos benefícios consiste em

Questão 64

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 65

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 66

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 67

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 68

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 69

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
A regra constitucional que determina que os servidores se aposentem compulsoriamente aos setenta anos de idade com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ou aos setenta e cinco anos de idade na forma de lei complementar,

Questão 70

TRT 6ª 2018 - FCC - Analista Judiciário - Área Administrativa
Os conceitos modernos de planejamento de RH predicam que tal atividade não deve ocorrer de forma estanque, mas sim alinhada com o planejamento estratégico da organização, levando em conta, também, indicadores próprios de gestão de pessoas, como rotatividade e absenteísmo, este último correspondente



Provas de Concursos » Fcc 2018