×
Assistente Administrativo Analista - Advogado Analista - Analista de Sistemas Analista - Contador Analista - Administrador Assistente de Gabinete
×

DPE/MT 2015

Analista - Economista

Questão 1

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
A charge é produzida com alusão

Questão 2

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
Quem frequenta páginas da internet, sobretudo nas re-
 
des sociais, volta e meia se depara com textos atribuídos a
 
grandes escritores. Qualquer leitor dos mestres da literatura
 
logo perceberá a fraude: a citação está longe de honrar a ale-
5
gada autoria. Drummond, Clarice Lispector, Guimarães Rosa e
 
Fernando Pessoa, por exemplo, jamais escreveriam banalida-
 
des recheadas de lugares comuns, em linguagem capenga e
 
estilo indefinido. Mas fica a pergunta: o que motiva essas falsifi-
 
cações grosseiras de artistas da palavra e da imaginação?
10
São muitas as justificativas prováveis. Atrás de todas
 
está a vaidade simplória de quem gostaria de ser tomado por
 
um grande escritor e usa o nome deste para promover um texto
 
tolo, ingênuo, piegas, carregado de chavões. Os leitores incau-
 
tos mordem a isca e parabenizam o fraudulento, expandindo a
15
falsificação e o mau gosto. Mas há também o ressentimento
 
malicioso de quem conhece seus bem estreitos limites literários
 
e, não se conformando com eles, dispõe-se a iludir o público
 
com a assinatura falsa, esperando ser confundido com o gran-
 
de escritor. Como há de fato quem confunda a gritante aberra-
20
ção com a alta criação, o falsário dá-se por recompensado en-
 
quanto recebe os parabéns de quem o “curtiu”.
 
Tais casos são lamentáveis por todas as razões, e cons-
 
tituem transgressões éticas, morais, estéticas e legais. Mas fi-
 
quemos apenas com a grave questão da identidade própria que
25
foi rejeitada em nome de outra, inteiramente postiça. Enganar-
 
se a si mesmo, quando não se trata de uma psicopatia grave, é
 
uma forma dolorosa de trair a consciência de si. Os grandes
 
atores, apoiando-se no talento que lhes é próprio, enobrecem
 
esse desejo tão humano de desdobramento da personalidade e
30
o legitimam artisticamente no palco ou nas telas; os escritores
 
criam personagens com luz própria, que se tornam por vezes
 
mais famosos que seus criadores (caso de Cervantes e seu
 
Dom Quixote, por exemplo); mas os falsários da internet, ao
 
não assinarem seu texto medíocre, querem que o tomemos
35
como um grande momento de Shakespeare. Provavelmente ja-
 
mais leram Shakespeare ou qualquer outro gênio citado: co-
 
nhecem apenas a fama do nome, e a usam como moeda cor-
 
rente no mercado virtual da fama.
 
Tais fraudes devem deixar um gosto amargo em quem
40
as pratica, sobretudo quando ganham o ingênuo acolhimento
 
de quem, enganado, as aplaude. É próprio dos vícios misturar
 
prazer e corrosão em quem os sustenta. Disfarçar a mediocri-
 
dade pessoal envergando a máscara de um autêntico criador
 
só pode aprofundar a rejeição da identidade própria. É um
45
passo certo para alargar os ressentimentos e a infelicidade de
 
quem não se aceita e não se estima.
(Terêncio Cristobal, inédito)
Considere as seguintes afirmações sobre aspectos da construção do texto:

I. Na frase É próprio dos vícios misturar prazer e corrosão em quem os sustenta, o pronome os referese aos nomes prazer e corrosão.

II. Atentando para a regência verbal, o segmento Os grandes atores, apoiando-se no talento que lhes é próprio permanecerá correto caso se substitua apoiando-se no por valendo-se do ou contando com o.

III. Ao observar que ninguém deve enganar-se a si mesmo, o autor poderia ter optado pela forma do imperativo e nos lançar a seguinte frase, de modo correto e solene: “Não deveis enganar-se a vós mesmos”.

Está correto o que se afirma em

Questão 3

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
O primeiro desses “erros” era “usar água da chuva para beber,
 
tomar banho e cozinhar”. Segundo o aviso, “A água da chuva
 
armazenada em casa não pode ser usada para beber, tomar
 
banho e cozinhar porque ela contém uma alta concentração de
5
poluentes atmosféricos, que podem causar mal à saúde. Essa
 
água só é indicada para consumo com tratamento químico, feito
 
somente por especialistas, não bastando ferver ou filtrar. Por isso,
 
é melhor usá-la apenas na limpeza da casa”.
Segundo o aviso, o problema principal da água da chuva é

Questão 4

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
O primeiro desses “erros” era “usar água da chuva para beber,
 
tomar banho e cozinhar”. Segundo o aviso, “A água da chuva
 
armazenada em casa não pode ser usada para beber, tomar
 
banho e cozinhar porque ela contém uma alta concentração de
5
poluentes atmosféricos, que podem causar mal à saúde. Essa
 
água só é indicada para consumo com tratamento químico, feito
 
somente por especialistas, não bastando ferver ou filtrar. Por isso,
 
é melhor usá-la apenas na limpeza da casa”.
Ao colocar a frase “sete erros que devem ser evitados em tempos de seca” na voz passiva, o autor do texto obtém um efeito discursivo, que é

Questão 5

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
Quem frequenta páginas da internet, sobretudo nas re-
 
des sociais, volta e meia se depara com textos atribuídos a
 
grandes escritores. Qualquer leitor dos mestres da literatura
 
logo perceberá a fraude: a citação está longe de honrar a ale-
5
gada autoria. Drummond, Clarice Lispector, Guimarães Rosa e
 
Fernando Pessoa, por exemplo, jamais escreveriam banalida-
 
des recheadas de lugares comuns, em linguagem capenga e
 
estilo indefinido. Mas fica a pergunta: o que motiva essas falsifi-
 
cações grosseiras de artistas da palavra e da imaginação?
10
São muitas as justificativas prováveis. Atrás de todas
 
está a vaidade simplória de quem gostaria de ser tomado por
 
um grande escritor e usa o nome deste para promover um texto
 
tolo, ingênuo, piegas, carregado de chavões. Os leitores incau-
 
tos mordem a isca e parabenizam o fraudulento, expandindo a
15
falsificação e o mau gosto. Mas há também o ressentimento
 
malicioso de quem conhece seus bem estreitos limites literários
 
e, não se conformando com eles, dispõe-se a iludir o público
 
com a assinatura falsa, esperando ser confundido com o gran-
 
de escritor. Como há de fato quem confunda a gritante aberra-
20
ção com a alta criação, o falsário dá-se por recompensado en-
 
quanto recebe os parabéns de quem o “curtiu”.
 
Tais casos são lamentáveis por todas as razões, e cons-
 
tituem transgressões éticas, morais, estéticas e legais. Mas fi-
 
quemos apenas com a grave questão da identidade própria que
25
foi rejeitada em nome de outra, inteiramente postiça. Enganar-
 
se a si mesmo, quando não se trata de uma psicopatia grave, é
 
uma forma dolorosa de trair a consciência de si. Os grandes
 
atores, apoiando-se no talento que lhes é próprio, enobrecem
 
esse desejo tão humano de desdobramento da personalidade e
30
o legitimam artisticamente no palco ou nas telas; os escritores
 
criam personagens com luz própria, que se tornam por vezes
 
mais famosos que seus criadores (caso de Cervantes e seu
 
Dom Quixote, por exemplo); mas os falsários da internet, ao
 
não assinarem seu texto medíocre, querem que o tomemos
35
como um grande momento de Shakespeare. Provavelmente ja-
 
mais leram Shakespeare ou qualquer outro gênio citado: co-
 
nhecem apenas a fama do nome, e a usam como moeda cor-
 
rente no mercado virtual da fama.
 
Tais fraudes devem deixar um gosto amargo em quem
40
as pratica, sobretudo quando ganham o ingênuo acolhimento
 
de quem, enganado, as aplaude. É próprio dos vícios misturar
 
prazer e corrosão em quem os sustenta. Disfarçar a mediocri-
 
dade pessoal envergando a máscara de um autêntico criador
 
só pode aprofundar a rejeição da identidade própria. É um
45
passo certo para alargar os ressentimentos e a infelicidade de
 
quem não se aceita e não se estima.
(Terêncio Cristobal, inédito)
Considere as seguintes afirmações sobre aspectos da construção do texto:

I. Na frase É próprio dos vícios misturar prazer e corrosão em quem os sustenta, o pronome os referese aos nomes prazer e corrosão.

II. Atentando para a regência verbal, o segmento Os grandes atores, apoiando-se no talento que lhes é próprio permanecerá correto caso se substitua apoiando-se no por valendo-se do ou contando com o.

III. Ao observar que ninguém deve enganar-se a si mesmo, o autor poderia ter optado pela forma do imperativo e nos lançar a seguinte frase, de modo correto e solene: “Não deveis enganar-se a vós mesmos”.

Está correto o que se afirma em

Questão 6

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
O primeiro desses “erros” era “usar água da chuva para beber,
 
tomar banho e cozinhar”. Segundo o aviso, “A água da chuva
 
armazenada em casa não pode ser usada para beber, tomar
 
banho e cozinhar porque ela contém uma alta concentração de
5
poluentes atmosféricos, que podem causar mal à saúde. Essa
 
água só é indicada para consumo com tratamento químico, feito
 
somente por especialistas, não bastando ferver ou filtrar. Por isso,
 
é melhor usá-la apenas na limpeza da casa”.
Essa água só é indicada para consumo com tratamento químico, feito somente por especialistas, não bastando ferver ou filtrar”.

O segmento sublinhado mostra formas reduzidas; a forma reduzida do verbo “bastar” poderia ser adequadamente substituída por

Questão 7

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Antônio Carlos, Técnico de Segurança Institucional, voltando de uma diligência, deparou-se com a presença de populares em ato de protesto em frente ao prédio em que exerce as suas funções. Dada a grande movimentação na via pública, disparou a arma que portava apontando para um canto em que não havia transeuntes, objetivando assustá-los e abrir caminho para adentrar ao prédio. A conduta de Antônio Carlos foi

Questão 8

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
O primeiro desses “erros” era “usar água da chuva para beber,
 
tomar banho e cozinhar”. Segundo o aviso, “A água da chuva
 
armazenada em casa não pode ser usada para beber, tomar
 
banho e cozinhar porque ela contém uma alta concentração de
5
poluentes atmosféricos, que podem causar mal à saúde. Essa
 
água só é indicada para consumo com tratamento químico, feito
 
somente por especialistas, não bastando ferver ou filtrar. Por isso,
 
é melhor usá-la apenas na limpeza da casa”.
A água da chuva armazenada em casa não pode ser usada para beber, tomar banho e cozinhar porque ela contém uma alta concentração de poluentes atmosféricos, que podem causar mal à saúde. Essa água só é indicada para consumo com tratamento químico, feito somente por especialistas, não bastando ferver ou filtrar. Por isso, é melhor usá-la apenas na limpeza da casa”.

Assinale a opção que apresenta o conectivo sublinhado nesse segmento que tem um sinônimo incorretamente indicado.

Questão 9

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
Não adianta lavar mil vezes. Nunca reutilize galões de material de
 
limpeza ou de qualquer outro produto que tenha substância
 
química para guardar água para consumo. A água pode ser
 
contaminada e causar problemas à saúde.
A frase “Não adianta lavar mil vezes” mostra

Questão 10

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
Não adianta lavar mil vezes. Nunca reutilize galões de material de
 
limpeza ou de qualquer outro produto que tenha substância
 
química para guardar água para consumo. A água pode ser
 
contaminada e causar problemas à saúde.
Sobre as formas destacadas nas frases “Nunca reutilize (1) galões de material de limpeza” e “outro produto que tenha (2) substância química para guardar água para consumo”, é correto afirmar que

Questão 11

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
Não adianta lavar mil vezes. Nunca reutilize galões de material de
 
limpeza ou de qualquer outro produto que tenha substância
 
química para guardar água para consumo. A água pode ser
 
contaminada e causar problemas à saúde.
As opções a seguir apresentam formas sublinhadas que indicam o valor semântico de modo correto, à exceção de uma. Assinale-a.

Questão 12

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
Nunca deixe as garrafas e galões usados para armazenar água no
 
chão, local por onde passa insetos e naturalmente é mais sujo do
 
que outras partes da casa. Prefira deixar os recipientes em locais
 
mais altos, como bancadas ou em cima da mesa, do que em
5
locais próximos ao chão, para evitar possível contaminação da
 
água.
Nesse segmento há alguns problemas no emprego culto da língua.

Na frase “Deixar recipientes com água no chão” há um problema de

Questão 13

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
Quem frequenta páginas da internet, sobretudo nas re-
 
des sociais, volta e meia se depara com textos atribuídos a
 
grandes escritores. Qualquer leitor dos mestres da literatura
 
logo perceberá a fraude: a citação está longe de honrar a ale-
5
gada autoria. Drummond, Clarice Lispector, Guimarães Rosa e
 
Fernando Pessoa, por exemplo, jamais escreveriam banalida-
 
des recheadas de lugares comuns, em linguagem capenga e
 
estilo indefinido. Mas fica a pergunta: o que motiva essas falsifi-
 
cações grosseiras de artistas da palavra e da imaginação?
10
São muitas as justificativas prováveis. Atrás de todas
 
está a vaidade simplória de quem gostaria de ser tomado por
 
um grande escritor e usa o nome deste para promover um texto
 
tolo, ingênuo, piegas, carregado de chavões. Os leitores incau-
 
tos mordem a isca e parabenizam o fraudulento, expandindo a
15
falsificação e o mau gosto. Mas há também o ressentimento
 
malicioso de quem conhece seus bem estreitos limites literários
 
e, não se conformando com eles, dispõe-se a iludir o público
 
com a assinatura falsa, esperando ser confundido com o gran-
 
de escritor. Como há de fato quem confunda a gritante aberra-
20
ção com a alta criação, o falsário dá-se por recompensado en-
 
quanto recebe os parabéns de quem o “curtiu”.
 
Tais casos são lamentáveis por todas as razões, e cons-
 
tituem transgressões éticas, morais, estéticas e legais. Mas fi-
 
quemos apenas com a grave questão da identidade própria que
25
foi rejeitada em nome de outra, inteiramente postiça. Enganar-
 
se a si mesmo, quando não se trata de uma psicopatia grave, é
 
uma forma dolorosa de trair a consciência de si. Os grandes
 
atores, apoiando-se no talento que lhes é próprio, enobrecem
 
esse desejo tão humano de desdobramento da personalidade e
30
o legitimam artisticamente no palco ou nas telas; os escritores
 
criam personagens com luz própria, que se tornam por vezes
 
mais famosos que seus criadores (caso de Cervantes e seu
 
Dom Quixote, por exemplo); mas os falsários da internet, ao
 
não assinarem seu texto medíocre, querem que o tomemos
35
como um grande momento de Shakespeare. Provavelmente ja-
 
mais leram Shakespeare ou qualquer outro gênio citado: co-
 
nhecem apenas a fama do nome, e a usam como moeda cor-
 
rente no mercado virtual da fama.
 
Tais fraudes devem deixar um gosto amargo em quem
40
as pratica, sobretudo quando ganham o ingênuo acolhimento
 
de quem, enganado, as aplaude. É próprio dos vícios misturar
 
prazer e corrosão em quem os sustenta. Disfarçar a mediocri-
 
dade pessoal envergando a máscara de um autêntico criador
 
só pode aprofundar a rejeição da identidade própria. É um
45
passo certo para alargar os ressentimentos e a infelicidade de
 
quem não se aceita e não se estima.
(Terêncio Cristobal, inédito)
Considere as seguintes afirmações sobre aspectos da construção do texto:

I. Na frase É próprio dos vícios misturar prazer e corrosão em quem os sustenta, o pronome os referese aos nomes prazer e corrosão.

II. Atentando para a regência verbal, o segmento Os grandes atores, apoiando-se no talento que lhes é próprio permanecerá correto caso se substitua apoiando-se no por valendo-se do ou contando com o.

III. Ao observar que ninguém deve enganar-se a si mesmo, o autor poderia ter optado pela forma do imperativo e nos lançar a seguinte frase, de modo correto e solene: “Não deveis enganar-se a vós mesmos”.

Está correto o que se afirma em

Questão 14

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
Nunca deixe as garrafas e galões usados para armazenar água no
 
chão, local por onde passa insetos e naturalmente é mais sujo do
 
que outras partes da casa. Prefira deixar os recipientes em locais
 
mais altos, como bancadas ou em cima da mesa, do que em
5
locais próximos ao chão, para evitar possível contaminação da
 
água.
Prefira deixar os recipientes em locais mais altos, como bancadas ou em cima da mesa, do que em locais próximos ao chão, para evitar possível contaminação da água”.

Nesse segmento, uma substituição que está de acordo com a norma culta da língua é

Questão 15

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
Deixar de escovar os dentes, de lavar a louça ou de dar descarga,
 
acumulando sujeira no corpo e em casa, não são as melhores
 
formas de economizar água, porque não adianta optar por isso
 
em troco da saúde. O ideal é economizar usando um copo com
5
água na escovação, diminuindo a louça usada para cozinhar (levar
 
à panela à mesa em vez de usar um refratário) e usar água de
 
reuso no vaso sanitário.
Um jornal apresentava a seguinte manchete:

“Escolas de São Paulo vetam até
escova de dente para economizar água.”

Relacionando o fragmento com a manchete acima, assinale a afirmativa correta.

Questão 16

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
Deixar de escovar os dentes, de lavar a louça ou de dar descarga,
 
acumulando sujeira no corpo e em casa, não são as melhores
 
formas de economizar água, porque não adianta optar por isso
 
em troco da saúde. O ideal é economizar usando um copo com
5
água na escovação, diminuindo a louça usada para cozinhar (levar
 
à panela à mesa em vez de usar um refratário) e usar água de
 
reuso no vaso sanitário.
levar à panela à mesa em vez de usar um refratário

Nesse segmento do texto, sobre o emprego da crase, assinale a afirmativa correta.

Questão 17

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
Deixar de escovar os dentes, de lavar a louça ou de dar descarga,
 
acumulando sujeira no corpo e em casa, não são as melhores
 
formas de economizar água, porque não adianta optar por isso
 
em troco da saúde. O ideal é economizar usando um copo com
5
água na escovação, diminuindo a louça usada para cozinhar (levar
 
à panela à mesa em vez de usar um refratário) e usar água de
 
reuso no vaso sanitário.
Na frase “Escolas de São Paulo vetam até escova de dente para economizar água.”, o emprego do até mostra um modalizador, ou seja, um termo em que o enunciador do texto expressa uma opinião.

Nesse caso, a opinião é de que

Questão 18

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
Deixar de escovar os dentes, de lavar a louça ou de dar descarga,
 
acumulando sujeira no corpo e em casa, não são as melhores
 
formas de economizar água, porque não adianta optar por isso
 
em troco da saúde. O ideal é economizar usando um copo com
5
água na escovação, diminuindo a louça usada para cozinhar (levar
 
à panela à mesa em vez de usar um refratário) e usar água de
 
reuso no vaso sanitário.
levar à panela à mesa em vez de usar um refratário

Seria conveniente que não se confundisse a expressão sublinhada com “ao invés de”, como ocorre na seguinte frase

Questão 19

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
1
Deixar de escovar os dentes, de lavar a louça ou de dar descarga,
 
acumulando sujeira no corpo e em casa, não são as melhores
 
formas de economizar água, porque não adianta optar por isso
 
em troco da saúde. O ideal é economizar usando um copo com
5
água na escovação, diminuindo a louça usada para cozinhar (levar
 
à panela à mesa em vez de usar um refratário) e usar água de
 
reuso no vaso sanitário.
O verbo “economizar”, derivado de “economia”, é grafado com a letra Z. Assinale a opção que indica o verbo que também deve ser grafado com Z.

Questão 20

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Antônio Carlos, Técnico de Segurança Institucional, voltando de uma diligência, deparou-se com a presença de populares em ato de protesto em frente ao prédio em que exerce as suas funções. Dada a grande movimentação na via pública, disparou a arma que portava apontando para um canto em que não havia transeuntes, objetivando assustá-los e abrir caminho para adentrar ao prédio. A conduta de Antônio Carlos foi

Questão 21

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
O treinamento de um corredor é composto por 4 etapas. Em geral, cada uma dessas 4 etapas é de 1.000 m. No entanto, para aprimorar sua forma física, em determinado dia o treinamento foi alterado de modo que a partir da 2ª etapa o corredor percorreu 10% a mais do que havia percorrido na etapa anterior. Desta maneira, em relação aos treinamentos usuais, o total da distância percorrida neste dia de treinamento, também realizado em 4 etapas, corresponde a um acréscimo de, aproximadamente,

Questão 22

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
A presença de escravos africanos, em Mato Grosso, é decorrente do desenvolvimento da mineração, a partir da primeira metade do século XVIII. Desde o começo, a escravidão foi acompanhada por diversas modalidades de resistência ao trabalho compulsório, entre as quais a fuga e a organização de quilombos.

Assinale a opção que indica os dois quilombos mato-grossenses mais importantes dos séculos XVIII e XIX.

Questão 23

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista

» Esta questão foi anulada pela banca.
Assinale a opção que descreve corretamente um dos objetivos da Comissão de Linhas Telegráficas Estratégicas de Mato Grosso ao Amazonas (CLTEMTA), mais conhecida como Comissão Rondon (1907-1915).

Questão 24

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Com relação ao ICMS Ecológico (ICMS-E) do Estado de Mato Grosso, analise as afirmativas a seguir.

I. A Unidade de Conservação (UC) é uma das referências, juntamente a outros critérios ambientais, para o cálculo do ICMS-E.
II. A presença de Territórios Indígenas (TI) é um dos parâmetros para determinar a atribuição de recursos oriundos do ICMS-E.
III. Os municípios que desrespeitam a legislação de preservação das Unidades de Conservação são taxados com esse tributo.

Assinale:

Questão 25

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Antônio Carlos, Técnico de Segurança Institucional, voltando de uma diligência, deparou-se com a presença de populares em ato de protesto em frente ao prédio em que exerce as suas funções. Dada a grande movimentação na via pública, disparou a arma que portava apontando para um canto em que não havia transeuntes, objetivando assustá-los e abrir caminho para adentrar ao prédio. A conduta de Antônio Carlos foi

Questão 26

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Antônio Carlos, Técnico de Segurança Institucional, voltando de uma diligência, deparou-se com a presença de populares em ato de protesto em frente ao prédio em que exerce as suas funções. Dada a grande movimentação na via pública, disparou a arma que portava apontando para um canto em que não havia transeuntes, objetivando assustá-los e abrir caminho para adentrar ao prédio. A conduta de Antônio Carlos foi

Questão 27

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Analise a imagem a seguir.

(http://planetasustentavel.abril.com.br/imagem/as-termicas-a-todo-vapor-Meio2.jpg 2013)

Com relação aos impactos socioambientais decorrentes da evolução da matriz energética brasileira desde 2001, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.
( ) O uso de usinas termelétricas pertence a um modelo elaborado após a crise energética de 2001, para diversificar as fontes de fornecimento de eletricidade.
( ) As usinas termelétricas são alimentadas pela queima de combustíveis fósseis, o que gera a emissão de gases que contribuem para o aquecimento global.
( ) A geração de energia elétrica brasileira assenta-se majoritariamente em fontes não renováveis, cuja exploração tem forte impacto ambiental.

As afirmativas são, respectivamente,

Questão 28

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Nos últimos anos, muitos territórios e países viveram situações de conflito em função de movimentos separatistas.
A esse respeito, analise as afirmativas a seguir.

I. A Catalunha é uma comunidade autônoma que, em 2014, mediante um processo participativo, manifestou seu desejo de tornar-se um Estado-nação independente da Espanha.
II. A Escócia obteve a independência em relação ao Reino Unido, mediante plebiscito realizado em 2014.
III. Os departamentos que formam a meia-lua boliviana (Santa Cruz, Beni e Pando) tornaram-se independentes após o plebiscito de 2008, dando origem à nação Camba.

Assinale:

Questão 29

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Temerosos sobre o futuro da Grécia, os investidores começam a se preocupar com a capacidade da Europa de evitar o ‘Grexit’, como foi apelidada o que pode vir a ser a saída da Grécia da zona do euro.
(O Globo, 17/02/2015.)

Sobre a política de austeridade imposta pelo Banco Central Europeu e o FMI a alguns países da zona do euro, analise as afirmativas a seguir.

I. A economia grega viveu uma recessão sem precedentes em tempos de paz, encolhendo 25% do PIB nos últimos 5 anos.
II. Os movimentos populares, como o Podemos na Espanha, ganharam espaço político graças ao discurso antiausteridade.
III. A adoção dessa política provocou o empobrecimento da classe média e aumentou significativamente o desemprego.

Assinale:

Questão 30

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
O Código de Ética dos Membros da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso estabelece que um dos deveres fundamentais do membro da Defensoria Pública é “promover o acesso dos hipossuficientes e dos vulneráveis à Justiça”.

Assinale a opção que identifica o princípio assegurado ao cidadão pelo cumprimento desse dever.

Questão 31

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Pedro e Cristina são casados e possuem dois filhos menores, Tadeu e Joaquim. O casal procurou a Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso do Sul para ingressar com ação para obtenção de medicamentos para Joaquim, em face do Estado, que se recusa a fornecê-los. Ambos trabalham com carteira assinada, auferindo mensalmente, cada um, o valor líquido de dois salários mínimos.

Com base na Resolução nº 46/2011 do Conselho Superior da Defensoria Pública e na Lei Complementar nº 146/2003, assinale a afirmativa correta.

Questão 32

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
O Código de Ética dos membros da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso, instituído pela Resolução nº 63/2014 do Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado, é aplicável exclusivamente

Questão 33

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Procópio, Defensor Público Geral do estado de Mato Grosso, foi destituído de seu cargo por conduta incompatível e grave omissão aos deveres do cargo.

Nesse caso, a chefia da Defensoria Pública do estado de Mato Grosso deve ser assumida pelo

Questão 34

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
De acordo com a Lei Complementar Estadual nº 207/2004 e a Lei Complementar Estadual nº 04/1990, assinale a opção que indica as penalidades disciplinares a que estão sujeitos os servidores públicos do estado de Mato Grosso.

Questão 35

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Jurema procura o cartório do Registro Civil de Pessoas Naturais do estado de Mato Grosso para registrar seu filho João, recémnascido. Jurema não tem certeza da paternidade de João.

Com base na Lei n° 8.825/2008, assinale a afirmativa correta.

Questão 36

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
De acordo com a Lei Complementar nº 146/2003, a nomeação para a classe inicial da carreira de Defensor Público no Estado de Mato Grosso será feita

Questão 37

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
De acordo com a Lei Complementar Estadual nº 207/2004 e a Lei Complementar Estadual nº 04/1990, assinale a opção que configura a inassiduidade habitual e indica a penalidade disciplinar aplicável.

Questão 38

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Sobre as unidades geomorfológicas do Estado de Mato Grosso, analise as afirmativas a seguir.

I. A chapada do Guimarães é formada por terrenos cristalinos recobertos parcialmente por lavas vulcânicas fortemente erodidas.
II. O planalto e a chapada dos Parecis estendem-se no sentido leste-oeste, exercendo a função de divisor de águas entre a Bacia Amazônica e a do rio Paraguai.
III. O Pantanal mato-grossense é uma extensa planície de acumulação, com topografia plana, na qual, durante o verão, o fluxo das águas que vertem para o rio Paraguai supera sua capacidade de escoamento.

Assinale:

Questão 39

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Quanto à organização da Defensoria Pública do Estado do Mato Grosso, assinale a afirmativa correta.

Questão 40

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
O Ouvidor Geral da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso recebeu representação contra membro da Defensoria Pública do seu Estado.

Assinale a opção que indica o procedimento a ser adotado pelo Ouvidor Geral.

Questão 41

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
A reportagem “Preço do carro pode subir 4,5% com novo IPI”, publicada na Revista Exame no dia 01/01/2015, apresenta o seguinte trecho:

“A indústria deve repassar o aumento do imposto para os preços, mas oficialmente a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) afirma que a decisão é individual - cada empresa vai definir quando e quanto do aumento do IPI repassará aos preços finais dos veículos.”
(http://exame.abril.com.br/economia/noticias/preco-do-carro-pode-subir-4-5-comnovo-ipi, acessado em 24/01/2015.)

Considerando a mudança do IPI destacada no trecho da reportagem, o repasse do aumento desse imposto para o preço final pago pelo consumidor será maior

Questão 42

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Considere um país que produza apenas bens primários e industriais. Considerando o conceito de fronteira de possibilidade de produção (FPP), assinale a afirmativa incorreta.

Questão 43

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Assinale a opção que completa corretamente a lacuna do fragmento a seguir.

“Segundo a agregação de Engel, em uma economia de dois bens, _____”

Questão 44

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Em relação às curvas de custos de produção, analise as afirmativas a seguir.

I. O custo marginal de uma empresa pode ser calculado como a área abaixo da curva de seu custo variável.
II. Uma empresa com duas fábricas obtém a curva de custo marginal da produção total somando horizontalmente as curvas marginais das duas fábricas.
III. Toda curva de custo médio de curto prazo apresenta um custo mínimo de curto prazo igual ao de longo praz, no ponto no qual a curva é tangente à curva de custo médio de longo prazo.

Assinale:

Questão 45

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Com relação ao comportamento de precificação de um monopolista, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) O preço fixado pelo monopolista é maior ou igual ao preço de concorrência perfeita, gerando peso morto não negativo.
( ) Se a demanda de mercado for perfeitamente elástica, o lucro do monopolista é nulo.
( ) Se o monopolista discriminasse perfeitamente os consumidores, então o peso morto seria nulo.

As afirmativas são, respectivamente,

Questão 46

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
As opções a seguir apresentam exemplos referentes a uma estrutura de competição monopolizadora, à exceção de uma.
Assinale-a.

Questão 47

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Nos Jogos Olímpicos, a classificação dos países é feita por ordem decrescente do número de medalhas de ouro. No caso de empate entre países nesse tipo de medalha, a classificação passa a ser por ordem decrescente do número de medalhas de prata. E no caso de novo empate, a classificação passa a ser por ordem decrescente do número de medalhas de bronze.

Esse tipo de classificação é um exemplo de preferências

Questão 48

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Considere os modelos de monopólio e os de duopólio de Cournot e Stackelberg, todos com custos marginais nulos. A relação que estabelece corretamente o lucro (π) entre esses modelos é:
(Obs.: πM = lucro da empresa monopolista; πC= lucro de uma empresa no modelo de Cournot; πS = lucro da empresa líder).

Questão 49

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Com relação ao primeiro e segundo teoremas do Bem Estar, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) No caso de inexistência de falhas de mercado, se uma sociedade tiver um índice de Gini igual a um, então pelo primeiro teorema do Bem Estar, essa alocação de recursos é eficiente de Pareto.
( ) Se o conjunto de produção das empresas e as preferências dos consumidores forem convexos, existe um conjunto de preços no qual cada alocação de mercado competitivo é um equilíbrio eficiente de Pareto, para um dada distribuição de dotações.
( ) Externalidades de consumo invalidam o primeiro teorema do Bem Estar.

As afirmativas são, respectivamente,

Questão 50

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Antônio Carlos, Técnico de Segurança Institucional, voltando de uma diligência, deparou-se com a presença de populares em ato de protesto em frente ao prédio em que exerce as suas funções. Dada a grande movimentação na via pública, disparou a arma que portava apontando para um canto em que não havia transeuntes, objetivando assustá-los e abrir caminho para adentrar ao prédio. A conduta de Antônio Carlos foi

Questão 51

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Considere as seguintes siglas:

PIB = Produto Interno Bruto, PNB = Produto Nacional Bruto,
PIL = Produto Interno Líquido e PNL = Produto Nacional Líquido.

Se o governo impedir o envio ou recebimento de rendimentos do exterior e zerar os impostos indiretos e os subsídios, pela identidades macroeconômicas básicas teremos

Questão 52

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Uma medida de política monetária restritiva pode ser a redução do papel moeda em poder do público. Nesse sentido, para alcançar esse objetivo, o governo não deve

Questão 53

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Em relação ao modelo IS-LM, analise as afirmativas a seguir.

I. Pela lógica keynesiana, se houver excesso de demanda no mercado de bens, o ajuste se dá apenas via elevação da quantidade produzida e da renda.
II. Se o mercado monetário se equilibrar mais rapidamente do que o mercado de bens, então, ajustes da taxa de juros precedem ajustes na produção.
III. Em uma situação de pleno emprego, como a economia brasileira se encontra aproximadamente nos dias de hoje, a política fiscal é totalmente eficaz.

Assinale:

Questão 54

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Antônio Carlos, Técnico de Segurança Institucional, voltando de uma diligência, deparou-se com a presença de populares em ato de protesto em frente ao prédio em que exerce as suas funções. Dada a grande movimentação na via pública, disparou a arma que portava apontando para um canto em que não havia transeuntes, objetivando assustá-los e abrir caminho para adentrar ao prédio. A conduta de Antônio Carlos foi

Questão 55

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Em uma situação de pleno emprego, a curva de Phillips mostra que

Questão 56

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Com relação aos conceitos de déficit e dívida pública, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) O financiamento do déficit público pode ser feito via venda de títulos públicos ao setor privado ou ao Banco Central, o que leva ao endividamento do Tesouro Nacional.
( ) Quanto maior for o déficit público, maior será o gasto com juros, o que aumenta a diferença entre a carga tributária bruta e líquida.
( ) O conceito operacional de déficit público inclui todos os gastos do setor público sem nenhuma correção monetária ou cambial.

As afirmativas são, respectivamente,

Questão 57

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Considere um modelo keynesiano de economia aberta, com os seguintes parâmetros:

Demanda Agregada Doméstica = 500 + 0,5Y – 100i
Saldo da Balança Comercial = –200
em que Y é o nível de renda e i é a taxa de juros.

Supondo i = 1% e o saldo da balança comercial exógeno, o nível de equilíbrio da renda e o multiplicador da economia são, respectivamente,

Questão 58

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Em relação aos conceitos de paridade do poder de compra, movimento de capitais e regimes de câmbio, analise as afirmativas a seguir.

( ) Para que a taxa de câmbio real seja igual à unidade, a paridade do poder de compra relativa deve ser válida.
( ) O diferencial entre a taxa de juros interna e a internacional, sob a condição de arbitragem, deve ser maior quanto maior for a expectativa de desvalorização da taxa de câmbio nominal do país local, os custos de transação e o risco do país.
( ) O regime de taxas flutuantes de câmbio tem como característica o fato de que a taxa de câmbio se ajusta afim de equilibrar a demanda e a oferta por moeda estrangeira.

Assinale

Questão 59

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
O pleno emprego pode ser definido tanto em termos micro como em macroeconômicos.

As opções a seguir estão relacionadas a essas definições, à exceção de uma. Assinale-a.

Questão 60

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Antônio Carlos, Técnico de Segurança Institucional, voltando de uma diligência, deparou-se com a presença de populares em ato de protesto em frente ao prédio em que exerce as suas funções. Dada a grande movimentação na via pública, disparou a arma que portava apontando para um canto em que não havia transeuntes, objetivando assustá-los e abrir caminho para adentrar ao prédio. A conduta de Antônio Carlos foi

Questão 61

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Segundo muitos analistas, a economia brasileira apresentou um crescimento próximo de 0% em 2014. Aliado a uma taxa de inflação próxima de 6,5%, podemos dizer que a economia se encontra em um cenário de estagflação, mas ainda mantendo uma baixa taxa de desemprego.

Nesse sentido, o governo não tem cumprido totalmente a sua função

Questão 62

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Assuma que os países A, B e C têm, respectivamente, alíquotas tributárias sobre os rendimentos iguais a 1%, 50% e 99%.

Na relação proposta pela Curva de Laffer, assinale a opção que indica o(s) país(es) que tem(têm) maior probabilidade de obter(em) uma receita tributária próxima de zero.

Questão 63

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Considere o conceito de Necessidade de Financiamento do Setor Público (NFSP) e de Dívida Líquida do Setor Público (DLSP).

Assinale a opção que indica a situação na qual o NFSP é positivo e o DLSP está diminuindo.

Questão 64

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Uma das reformais mais importantes para o controle do déficit público foi a aprovação da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).
Em relação à LRF, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) A LRF estabeleceu tetos diferentes para o gasto com pessoal no interior de cada uma das esferas do governo, definidos como percentual da receita corrente líquida.
( ) Os governos estadual e municipal poderiam gastar com funcionalismo público até 60% da receita corrente líquida.
( ) A lei permite que os governos ultrapassem, por um breve período, o limite de endividamento.

As afirmativas são, respectivamente,

Questão 65

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Dentre as principais funções da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), é incorreto mencionar

Questão 66

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
No dia 19/01/2014, foi divulgada a notícia “Governo sobe IOF sobre crédito, tributos na importação e combustíveis” . Seguem alguns trechos:
O Ministro da Fazenda anunciou que haverá alta no Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) que incide sobre as operações de crédito para o consumidor. (...). De acordo com o ministro, estão sendo elevados o PIS, a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre os combustíveis. (...) Nas importações, o ministro informou que está elevando o PIS e a Cofins. (...) Um decreto presidencial vai equiparar o setor atacadista e o industrial no Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) incidente sobre cosméticos.
(Em: http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/01/governo-sobe-iof-sobrecredito-tributos-na-importacao-e-combustiveis.html; Acessado em 24/01/2015.)

Assinale a opção que indica a(s) esfera(s) do governo que terá(ão) as receitas aumentadas diretamente por essas medidas.
Obs.: Desconsidere transferências ou repasses de recursos entre as esferas.

Questão 67

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Uma forma pela qual o governo pode reduzir a razão da dívida pública sobre o PIB é, ceteris paribus,

Questão 68

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Em relação à evolução do déficit e dívida pública brasileira, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) O déficit público operacional ao longo de quase toda a década de 1980 foi inferior à senhoriagem, ambos como porcentagem do PIB.
( ) A dívida pública como percentual do PIB aumentou na primeira parte da década de 1980, devido ao elevado déficit fiscal, ao baixo crescimento econômico e à desvalorização cambial que elevou a dívida externa.
( ) Na primeira metade da década de 1990, houve uma mudança na composição da dívida pública, com redução da participação da dívida externa no total da dívida líquida do setor público, fruto do acúmulo de reservas internacionais e do processo de privatização.

As afirmativas são, respectivamente,

Questão 69

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Ao longo da década de 2000, diversos indicadores sociais apresentaram significativa melhora no Brasil. Em relação às principais razões que contribuíram para esse processo de melhora, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) Houve uma redução da diferença de renda per capita entre os países mais ricos e os mais pobres.
( ) A melhora das variáveis de mercado de trabalho, com o aumento real do salário mínimo e o aumento do emprego formal, contribuíram para a redução da desigualdade salarial.
( ) O maior acesso ao crédito ampliou o acesso a diversos bens, o que contribuiu para a formalização e, consequentemente, para a redução da desigualdade.

As afirmativas são, respectivamente,

Questão 70

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
O Plano Cruzado, cuja proposta seria um “choque heterodoxo”, teve como uma de suas principais medidas ou características:

Questão 71

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Em relação ao Programa de Ação Econômica do Governo (PAEG), lançado em novembro de 1964, analise as afirmativas a seguir.

( ) O programa tinha o objetivo de retomar o crescimento econômico, que havia estagnado nos anos anteriores.
( ) Uma das formas de conter o processo inflacionário foi elevar o fluxo de importações como aumentar a competitividade da indústria local.
( ) Um dos instrumentos utilizados foi a política de estímulos ao ingresso de capitais, como uma das formas de aceleração do crescimento.

Assinale:

Questão 72

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
O Plano Real teve três fases de implementação: ajuste fiscal, desindexação e âncora nominal.
Em relação à terceira fase de implementação do Plano Real, assinale a opção que indica uma de suas características.

Questão 73

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
O Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) é responsável por diversos indicadores que mensuram condições de emprego e renda no Brasil.

Sobre as mudanças metodológicas introduzidas, em 2002, no cálculo da taxa de desemprego pela Pesquisa Mensal de Emprego (PME), assinale a afirmativa correta.

Questão 74

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
No governo Lula (2003-2010), o Brasil passou a ter um novo papel nas relações com o resto do mundo.
Em relação aos fatores que contribuíram para esse novo papel, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) As perspectivas de aumento da produção petrolífera offshore nas áreas descobertas no pré-sal poderiam provocar efeitos importantes sobre a economia brasileira.
( ) Países emergentes, como a Índia e China, elevaram a procura por commodities que o Brasil era produtor importante no mercado mundial.
( ) A decisão de órgãos esportivos mundiais de escolher o Brasil para sediar grandes eventos esportivos, colocaram o nome do país em evidência no cenário externo, gerando a expectativa de elevação dos investimentos em infraestrutura e em telecomunicações.

As afirmativas são, respectivamente,

Questão 75

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
No governo Dilma Roussef (2011-2014), foram implementadas diversas políticas com o objetivo de manter o processo de desenvolvimento do país.
Em relação à eficácia e os efeitos de algumas dessas políticas, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) A desoneração da folha de pagamentos, iniciada em alguns setores da indústria, pode ter contribuído para a manutenção de uma baixa taxa de desemprego, mas gerou questionamentos sobre a real economia no pagamento de impostos, principalmente de setores intensivos em capital.
( ) Os estímulos dados pela política do Brasil Maior para a indústria provocaram efeitos positivos, elevando o emprego formal do setor.
( ) A contínua elevação de gastos públicos, atrelado à redução da arrecadação tributária, culminaram, em 2014, em um dos piores superávits primários da série histórica o que contribuiu para manter a taxa de inflação próxima do teto da meta.

As afirmativas são, respectivamente,

Questão 76

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Em relação aos desafios da Previdência Social e suas perspectivas, no Brasil e no mundo, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) O Brasil apresenta um elevado déficit previdenciário, e a tendência é de piora, principalmente quando relacionamos a despesa previdenciária como proporção do PIB em relação à razão de dependência, esta sendo já elevada, quando comparada com outros países.
( ) A mudança demográfica no Brasil atrelada ao aumento da expectativa de vida, torna nossa população cada vez mais velha e em número cada vez maior, o que imprime maior pressão sobre os gastos públicos com benefícios previdenciários.
( ) As principais reformas ocorridas nos países da OCDE apontam para um corte nas despesas previdenciárias, devido ao aumento da idade de aposentadoria, aos benefícios indexados pela inflação, à eliminação do diferencial de idade mínima de aposentadoria entre homens e mulheres e a utilização de todo o ciclo de vida laboral do trabalhador e não apenas os últimos anos.

As afirmativas são, respectivamente,

Questão 77

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Em relação ao Plano Plurianual (Lei nº 4.320/64), assinale a afirmativa incorreta.

Questão 78

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Em relação à competência do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, segundo a Lei Complementar Estadual nº 269/2007, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) Deve emitir parecer prévio sobre a prestação de contas do Estado e dos Municípios.
( ) Deve fiscalizar as contas de empresas nas quais o Estado tenha participação no capital social, direta ou indiretamente.
( ) Deve verificar a legalidade, a legitimidade e a economicidade dos procedimentos adotados na dispensa de licitações.

As afirmativas são, respectivamente,

Questão 79

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Em relação às competências do presidente do Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso, segundo o seu Regimento Interno (Resolução nº 14/2007), assinale a afirmativa incorreta.

Questão 80

DPE/MT 2015 - FGV - Analista - Economista
Sobre as ações de caráter social tomadas durante o governo Fernando Henrique Cardoso, em particular em seu segundo mandato, analise as afirmativas a seguir.

I. Expandiu as medidas previstas na LOAS que garantiam um benefício para idosos e pessoas com deficiência que pertenciam a famílias cuja renda por morador não ultrapassasse 1/4 do salário mínimo.
II. Instituiu o Bolsa-Escola, precursor do Bolsa-Família, que garantia um benefício às famílias, para cada criança na escola, até o limite de três crianças.
III. Criou o Bolsa-Alimentação, a cargo do Ministério da Saúde, destinado às gestantes na fase de amamentação.

Assinale:



Provas de Concursos » Fgv 2015