×
Perito Criminal - Ciência da Computação/ Informática
×

Polícia Civil/DF 2016

Perito Criminal - Ciências Contábeis

Questão 1

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 2

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
 
Disponível em: <http://www.policiacomunitariadf.com/operacao-
 
integrada15a-dp/denuncia_banner-2/>. Acesso em: 18 mar. 2016.
De acordo com a norma-padrão e as questões gramaticais referentes ao texto, assinale a alternativa correta.

Questão 3

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
 
Disponível em: <http://www.policiacomunitariadf.com/operacao-
 
integrada15a-dp/denuncia_banner-2/>. Acesso em: 18 mar. 2016.
Assinale a alternativa que, em conformidade com as regras de pontuação e de ortografia vigentes, reproduz com coerência a relação de sentido estabelecida entre os períodos “Não se cale. Você pode salvar uma vida”.

Questão 4

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
Misael, funcionário da Fazenda, com 63 anos de idade,
 
conheceu Maria Elvira na Lapa, — prostituída, com sífilis,
 
dermite nos dedos, uma aliança empenhada e os dentes em
 
petição de miséria. Misael tirou Maria Elvira da vida,
5
instalou-a em um sobrado no Estácio, pagou médico,
 
dentista, manicura... Dava tudo quanto ela queria.
 
Quando Maria Elvira se apanhou de boca bonita,
 
arranjou logo um namorado. Misael não queria escândalo.
 
Podia dar uma surra, um tiro, uma facada. Não fez nada
10
disso: mudou de casa.
 
Viveram três anos assim.
 
Toda vez que Maria Elvira arranjava namorado, Misael
 
mudava de casa.
 
Os amantes moraram no Estácio, Rocha, Catete, Rua
15
General Pedra, Olaria, Ramos, Bonsucesso, Vila Isabel, Rua
 
Marquês de Sapucaí, Niterói, Encantado, Rua Clapp, outra
 
vez no Estácio, Todos os Santos, Catumbi, Lavradio, Boca
 
do Mato, Inválidos...
 
Por fim na Rua da Constituição, onde Misael, privado
20
de sentidos e de inteligência, matou-a com seis tiros, e a
 
polícia foi encontrá-la caída em decúbito dorsal, vestida de
 
organdi azul.
BANDEIRA, M. Disponível em: <http://portaldoprofessor.mec.gov.br/ fichaTecnicaAula.html?aula=22430>. Acesso em: 18 mar. 2016, com adaptações.
Considerando o conteúdo e as sequências linguísticas do texto, assinale a alternativa correta.

Questão 5

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 6

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
Jovens e inteligentes — e com salários que batem na
 
casa dos R$ 18 mil no topo da carreira —, essa verdadeira
 
tropa de elite da polícia brasileira usa o cérebro e não a
 
força física para resolver alguns dos casos mais misteriosos
5
do Brasil. O trabalho dos peritos ficou claro, por exemplo,
 
no caso da menina Isabella Nardoni, resolvido praticamente
 
a partir de provas técnicas, já que não havia testemunhas.
 
Também apareceu no assassinato da estudante Maria
 
Cláudia Del’Isola, de Brasília, em 2004, quando a equipe do
10
Instituto de Criminalística do Distrito Federal (ICDF) usou
 
uma substância química, o luminol, para mostrar os rastros
 
de sangue deixados pelos assassinos.
 
Ainda que todos carreguem armas na cintura, seu
 
principal instrumento de trabalho são potentes microscópios,
15
lanternas, computadores, lupas e outros equipamentos que
 
chegam a custar R$ 3 milhões. Um kit que não ficaria atrás
 
dos utilizados por James Bond no cinema. Essa tecnologia é
 
o que atraiu gente como a bióloga Fernanda Leal, 25.
 
Dois anos atrás, ela trancou um curso de mestrado em
20
fitopatologia, deixou as salas de aula em que lecionava para
 
alunos do ensino médio e prestou o concurso público da
 
Polícia Civil do Distrito Federal. O salário inicial: R$ 13,3 mil.
 
A concorrência: 449 candidatos para cada vaga, 10 vezes
 
mais que o vestibular para medicina da Universidade de São
25
Paulo (USP), um dos mais disputados do Brasil. Aprovada,
 
Fernanda passou a carregar, além das joias que usa, o
 
distintivo da Polícia Civil em uma correntinha pendurada no
 
pescoço e uma pistola semiautomática Taurus 40 na cintura.
 
A brasiliense integra o grupo de peritos do ICDF, uma
30
elite formada por 200 pessoas que usa equipamentos
 
tecnológicos e laboratórios científicos de ponta para resolver
 
crimes. “Comecei a sonhar em ser perita assistindo ao seriado
 
Arquivo X”, diz ela, referindo-se à dupla de detetives que
 
investigavam casos envolvendo extraterrestres.
CORRÊA, Fabiana; ROSSI, Jones. Disponível em: <http://revistagalileu. globo.com/Revista/Common/0,,ERT143034-17773,00.html>. Acesso em: 22 mar. 2016, com adaptações.
Com base nas estruturas morfossintáticas do texto e nas informações veiculadas por elas, assinale a alternativa correta.

Questão 7

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
Jovens e inteligentes — e com salários que batem na
 
casa dos R$ 18 mil no topo da carreira —, essa verdadeira
 
tropa de elite da polícia brasileira usa o cérebro e não a
 
força física para resolver alguns dos casos mais misteriosos
5
do Brasil. O trabalho dos peritos ficou claro, por exemplo,
 
no caso da menina Isabella Nardoni, resolvido praticamente
 
a partir de provas técnicas, já que não havia testemunhas.
 
Também apareceu no assassinato da estudante Maria
 
Cláudia Del’Isola, de Brasília, em 2004, quando a equipe do
10
Instituto de Criminalística do Distrito Federal (ICDF) usou
 
uma substância química, o luminol, para mostrar os rastros
 
de sangue deixados pelos assassinos.
 
Ainda que todos carreguem armas na cintura, seu
 
principal instrumento de trabalho são potentes microscópios,
15
lanternas, computadores, lupas e outros equipamentos que
 
chegam a custar R$ 3 milhões. Um kit que não ficaria atrás
 
dos utilizados por James Bond no cinema. Essa tecnologia é
 
o que atraiu gente como a bióloga Fernanda Leal, 25.
 
Dois anos atrás, ela trancou um curso de mestrado em
20
fitopatologia, deixou as salas de aula em que lecionava para
 
alunos do ensino médio e prestou o concurso público da
 
Polícia Civil do Distrito Federal. O salário inicial: R$ 13,3 mil.
 
A concorrência: 449 candidatos para cada vaga, 10 vezes
 
mais que o vestibular para medicina da Universidade de São
25
Paulo (USP), um dos mais disputados do Brasil. Aprovada,
 
Fernanda passou a carregar, além das joias que usa, o
 
distintivo da Polícia Civil em uma correntinha pendurada no
 
pescoço e uma pistola semiautomática Taurus 40 na cintura.
 
A brasiliense integra o grupo de peritos do ICDF, uma
30
elite formada por 200 pessoas que usa equipamentos
 
tecnológicos e laboratórios científicos de ponta para resolver
 
crimes. “Comecei a sonhar em ser perita assistindo ao seriado
 
Arquivo X”, diz ela, referindo-se à dupla de detetives que
 
investigavam casos envolvendo extraterrestres.
CORRÊA, Fabiana; ROSSI, Jones. Disponível em: <http://revistagalileu. globo.com/Revista/Common/0,,ERT143034-17773,00.html>. Acesso em: 22 mar. 2016, com adaptações.
Considerando apenas as regras que orientam a acentuação gráfica dos vocábulos e o emprego do sinal indicativo de crase, assinale a alternativa correta.

Questão 8

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Suponha que o delegado Brasileiro da Silva, que atua na 100a Delegacia de Polícia do Gama/DF, resolva escrever para o diretor Fulano de Tal de uma escola pública da região, a fim de manifestar o desejo de apresentar à comunidade escolar o projeto Perito Criminal: conheça essa profissão.

Considerando a situação hipotética descrita e o que prescreve o Manual de Redação da Presidência da República a respeito da comunicação oficial, assinale a alternativa correta.

Questão 9

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis

Em uma situação de emergência, determinada pessoa passou ao amigo o telefone celular, cuja tela de abertura está representada na figura, e informou o código antes de perder a consciência. Ao tentar destravar o aparelho, o amigo, bastante nervoso, conseguiu lembrar apenas que os números 2 e 5 apareciam uma única vez, mas sequer lembrava em que posições.

Nesse caso hipotético, o número máximo de tentativas que o amigo irá fazer até conseguir destravar o aparelho será

Questão 10

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis

» Esta questão foi anulada pela banca.
Determinação de valores atípicos A regra adotada para identificação dos valores atípicos, em uma distribuição, baseia-se na amplitude interquartil AIQ, definida como a distância entre o primeiro e o terceiro quartis: AIQ = Q3 – Q1. Quaisquer valores abaixo de Q1 ou acima de Q3, por mais de 1,5×AIQ, serão considerados valores atípicos. Assim, serão valores atípicos os valores x, tais que x < Q1 – 1,5×AIQ ou x > Q3 + 1,5×AIQ.
Disponível em: <http://www.uff.br/cdme/conheceboxplot/conheceboxplothtml/boxplot.pdf>. Acesso em: 21 maio 2016, com adaptações.


Com base nas informações apresentadas, assinale a alternativa que indica um valor atípico para a referida distribuição.

Questão 11

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis

» Esta questão foi anulada pela banca.
Considere as proposições simples p e q, e as proposições compostas P e Q. P ⇒ Q, se

Questão 12

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Assinale a alternativa que apresenta a negação da proposição “Se o suspeito está na cena do crime, a vítima foi assassinada”.

Questão 13

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Considere hipoteticamente que, em uma investigação de estelionato, com possível mistura de outros metais em uma peça de ouro, o perito mergulhou o objeto em um recipiente, no formato de cubo, parcialmente cheio de água. Sabe-se que a densidade do ouro é de 19,32 g/cm3, as dimensões internas do cubo utilizado são de 5 cm, a massa da peça é de 309,12 g e a elevação da coluna de água, após a imersão da peça, foi de 6 mm. Com relação a esse caso, assinale a alternativa correta.

Questão 14

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
A média das idades dos 45 empregados de uma corporação é de 32 anos. Para os próximos meses, estão previstas as aposentadorias de cinco empregados cuja média de idades é de 62 anos. Considerando essa situação hipotética, é correto afirmar que, após a efetivação de todas as aposentadorias, a média das idades da corporação passará a ser a seguinte:

Questão 15

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
O procedimento para georreferenciamento de imagens de satélite tem base em princípios e técnicas objetivando corrigir erros sistemáticos e residuais. Acerca do georreferenciamento, assinale a alternativa correta.

Questão 16

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
No processo de georreferenciamento de imagens, são aplicados interpoladores que apresentam funções específicas. Acerca desse tema, assinale a alternativa correta.

Questão 17

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
A Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (RIDE/DF) foi criada pela Lei Complementar nº 94/1998 e regulamentada pelo Decreto nº 2.710/1998, alterado pelo Decreto no 3.445/2000.
Disponível em: <http://www.mi.gov.br/regioes_integradas_df_rides>. Acesso em: 5 abr. 2016, com adaptações.

Em relação à RIDE/DF, assinale a alternativa correta.

Questão 18

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
O primeiro conflito social/espacial da cidade de Brasília aparece com a necessidade de abrigar os pioneiros que construíram a cidade – os “candangos” –, para os quais não havia lugar no plano urbanístico de Brasília. As cidades-satélites, que não estavam incluídas, inicialmente, nas premissas do Plano Piloto, foram, posteriormente, acrescentadas e serviram de acomodação para candangos – pioneiros/operários – de Brasília. O governo inaugurou a primeira delas quase dois anos antes da própria capital e fundou outras três em fins de 1961.
PAVIANI, Aldo. Brasília – gestão urbana: conflitos e cidadania. Brasília: Universidade de Brasília, 1999, com adaptações.

Em relação à organização do espaço geográfico do Distrito Federal, assinale a alternativa correta.

Questão 19

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Acerca dos Fundamentos da Organização dos Poderes e do Distrito Federal, com base na Lei Orgânica do Distrito Federal, assinale a alternativa correta.

Questão 20

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
De acordo com a Lei Orgânica do Distrito Federal, e com relação à organização dos poderes, é correto afirmar que os deputados distritais

Questão 21

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 22

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
No que se refere à organização administrativa e aos institutos da centralização, da descentralização e da desconcentração, assinale a alternativa correta.

Questão 23

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Em relação às entidades que integram a administração indireta, assinale a alternativa correta.

Questão 24

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Considere hipoteticamente que a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal celebrou contrato administrativo com determinada empresa de terceirização, cujo objeto é a prestação de serviços de limpeza e conservação. Após a constatação de falhas na execução do objeto contratado, a autoridade administrativa competente, observado o devido processo legal, aplicou sanção de multa à empresa.

Com base nesse caso, é correto afirmar que a aplicação de tal sanção por parte do administrador público decorre do poder

Questão 25

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 26

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis

» Esta questão foi anulada pela banca.
Considerando o disposto no Capítulo II, do Poder Executivo, da Constituição Federal, assinale a alternativa correta.

Questão 27

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
A segurança pública é dever do Estado e direito e responsabilidade de todos. É exercida pela Polícia Federal e por outros órgãos, com base na Constituição Federal, para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. Acerca desse tema, assinale a alternativa correta.

Questão 28

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 29

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado e está preconizada pela Constituição Federal. Em relação ao texto constitucional, assinale a alternativa correta.

Questão 30

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis

» Esta questão foi anulada pela banca.
Considere hipoteticamente que determinado cidadão japonês rouba um cidadão indiano a bordo de certa aeronave privada pertencente a uma companhia aérea brasileira, a qual se encontra em território inglês (no aeroporto).

Nesse caso, ao cidadão japonês

Questão 31

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
O Código Penal Brasileiro estabelece, em seu artigo 137, o crime de rixa, especificamente apresentando os elementos a seguir.
Participar de rixa, salvo para separar os contendores: pena – detenção, de 15 dias a dois meses, ou multa.

Com base no exposto, quanto à classificação das infrações penais, é correto afirmar que a rixa é um crime

Questão 32

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Um sujeito sofre de estados de sonambulismo desde os cinco anos de idade. Já com 32 anos de idade, em determinada noite, ele se levanta sonâmbulo e caminha pela casa. Chegando à área de lazer, aproxima-se dos itens de churrasco e empunha uma faca de 30 cm. Quando o irmão desse sujeito toca a lombar dele para levá-lo à cama, de súbito, o sujeito vira e desfere uma facada certeira no estômago do irmão que, em alguns minutos, perde sangue e agoniza até a morte. O sujeito retorna para o quarto e continua seu sono.

Com base nesse caso hipotético, é correto afirmar que o referido sujeito

Questão 33

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
No que se refere à imputabilidade penal, em regra, o direito penal brasileiro adota o sistema

Questão 34

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
A Polícia é uma instituição de direito público, destinada a manter e a recobrar, junto à sociedade e na medida dos recursos de que dispõe, a paz pública e a segurança dos cidadãos. Entre outras medidas, a Polícia Judiciária utiliza-se do inquérito policial para a concretização de uma das fases da persecução penal, tornando-o, apesar de prescindível, um procedimento inquisitorial de grande relevância para a atividade investigativa. Com base nessas informações, acerca do inquérito policial, assinale a alternativa correta.

Questão 35

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
A respeito dos prazos para a conclusão do inquérito policial, considerando as normas processuais penais, é correto afirmar que, se o réu está preso, o prazo é de

Questão 36

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
O Código de Processo Penal elenca um conjunto de regras que regulamentam a produção das provas no âmbito do processo criminal. No tocante às perícias em geral, as normas estão previstas nos artigos 158 a 184 da lei em comento. Quanto ao exame de corpo de delito, nos crimes

Questão 37

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
A prova é o conjunto de elementos produzidos pelas partes ou determinados pelo juiz, visando à formação do convencimento quanto a atos, fatos e circunstâncias. Com relação às provas no processo penal, considerando as regras procedimentais previstas no Código de Processo Penal, assinale a alternativa correta.

Questão 38

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
No que tange ao direito do consumidor, assinale a alternativa correta.

Questão 39

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis

» Esta questão foi anulada pela banca.
Considere hipoteticamente que Marcos está dirigindo a caminho do trabalho quando leva uma fechada de Laércio no trânsito. Apesar de ser um condutor habilidoso, Marcos não consegue evitar a colisão, e o carro que dirige é levemente danificado. Laércio assume a culpa e se prontifica a ressarcir o dano. Contudo, indignado e furioso com a situação, Marcos desce do carro e desfere múltiplas facadas em Laércio, que não resiste aos ferimentos e vem a óbito. Em sentença transitada em julgado, Marcos é condenado por homicídio qualificado por motivo fútil, que é considerado um crime de natureza hedionda.

Os crimes hediondos estão previstos na Lei no 8.072/1990. Com base nesse dispositivo legal e na situação apresentada, assinale a alternativa correta.

Questão 40

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 41

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
A Resolução CFC no 750/1993, com redação dada pela Resolução CFC no 1.282/2010, enuncia os princípios de contabilidade. A teoria contábil, entretanto, faz distinção entre postulados, princípios e convenções, definindo postulados como “premissas ou constatações básicas, não sujeitas a verificação”. A esse respeito, assinale a alternativa que apresenta apenas os postulados aceitos pela teoria contábil.

Questão 42

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
O arcabouço conceitual da contabilidade brasileira, definido na NBC TG – Estrutura Conceitual, tem como um dos seus focos estabelecer as características qualitativas que a informação contábil deve apresentar. Acerca dessas características, assinale a alternativa correta.

Questão 43

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Considere hipoteticamente que a companhia Delta, dispondo de excedente de caixa, realizou um investimento temporário a curto prazo, adquirindo ações da empresa Alfa por $ 100.000. Na data do balanço, as ações adquiridas estavam cotadas no mercado a $ 80.000. Nesse caso, a companhia Delta deverá

Questão 44

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
Informações extraídas da contabilidade da companhia Delta.
 
Com base nas informações da tabela, a reversão do saldo não utilizado da conta Provisão para Devedores Duvidosos (PDD), antes da constituição da nova provisão, implicaria

Questão 45

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
Informações extraídas da contabilidade da companhia Delta.
 
Em relação à tabela apresentada, o saldo inicial, em 20X3, da conta Duplicatas a Receber foi o seguinte:

Questão 46

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Considere hipoteticamente que a companhia Delta contraiu dois empréstimos bancários nas condições a seguir.

Acerca das informações apresentadas, assinale a alternativa correta.

Questão 47

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Considere hipoteticamente que, no dia 31.03.20X2, a companhia Delta contabilizou a folha de salários e efetuou os lançamentos contábeis a seguir.
 
Salários  
a Salários a Pagar (ref. a folha de salários de
03/20X2).....$ 15.000 
 
Contribuições Previdenciárias a Recolher 
a Salários a Pagar (ref. a salário família)..............$ 400 
 
Salários a Pagar 
a Contribuições Previdenciárias a Recolher (parte do 
empregado)..........$ 1.200 
 
Encargos Sociais  
a Contribuições Previdenciárias a Recolher (parte do 
empregador)........$ 3.150 
 
Encargos Sociais  
a FGTS a Recolher.........$ 1.200 
 
No quinto dia útil do mês seguinte, a empresa efetuou o pagamento dos salários e o recolhimento dos encargos sociais. Com base nos lançamentos efetuados, assinale a alternativa correta.

Questão 48

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Considere as informações a seguir.

Considerando que o grau de alavancagem financeira (GAF) pode ser calculado pela razão entre o retorno sobre o patrimônio líquido (RsPL) e o retorno sobre o ativo total (RsAT), assinale a alternativa que apresenta o resultado da mudança na composição da estrutura de capital, ocorrida entre 2011 e 2012.

Questão 49

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Considere os seguintes balanços hipotéticos de uma Matriz e sua Filial.

Sabendo que, no exercício, a Matriz realizou transferência de mercadorias com lucro para a Filial e que parte do lucro auferido nas transações internas, no montante de $ 3.500, ainda não foi realizado, o Ativo Total apurado no Balanço Patrimonial consolidado foi

Questão 50

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
A companhia Alfa adquiriu, por $ 400.000, 30% das ações da companhia Beta, cujo Patrimônio Líquido na data da aquisição era $ 1.000.000. O lucro da companhia Beta, entre a data da aquisição e o fim do exercício, foi $ 100.000, e os dividendos distribuídos totalizaram $ 40.000. Sabendo que a despesa de ágio no período foi $ 10.000, o valor contábil do investimento em 31/12, avaliado pelo método da equivalência patrimonial, totalizou

Questão 51

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
De acordo com a legislação tributária, matriz e filial

Questão 52

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Acerca das diferenças existentes na aplicação das normas brasileiras de contabilidade e das normas internacionais, assinale a alternativa correta.

Questão 53

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Com a publicação da Lei nº 11.638/2007, objetivou-se harmonizar as normas brasileiras de contabilidade aos padrões das normas internacionais. Uma alteração decorrente dessa lei é a (o)

Questão 54

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Acerca da classificação dos custos em Diretos e Indiretos e Fixos e Variáveis, assinale a alternativa correta.

Questão 55

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Considere hipoteticamente que uma sociedade por ações adquiriu algumas das próprias ações com a intenção de reduzir o respectivo capital. Nesse caso, é correto afirmar que

Questão 56

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Considere hipoteticamente que, no 2o trimestre de 20X2, foram produzidas 10.000 unidades do item Z e vendidas 7.000 unidades ao preço unitário de $ 40. O custo variável unitário foi $ 10, e os custos fixos totalizaram $ 50.000. A empresa incorreu, no período, em despesas administrativas de $ 20.000, e a despesa de venda por unidade equivale a 10% do preço de venda. No início do período, não havia estoque. Os custos foram apropriados utilizando o método de custeio por absorção.

Com base nas informações apresentadas, é correto afirmar que o (a)

Questão 57

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Considere hipoteticamente que a companhia Beta apurou lucro de $ 290.000 antes do imposto de renda no ano de 20X1, conforme a tabela a seguir.

A parcela da base de cálculo do imposto que exceder a $ 60.000 no trimestre está sujeita à incidência de adicional do imposto. Considerando apenas essas informações, o valor do imposto de renda (IR) calculado com base no lucro real com apuração trimestral é o seguinte:

Questão 58

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
A legislação brasileira obriga todas as companhias abertas a adotarem o padrão contábil internacional. O órgão responsável pela adequação das normas internacionais emitidas pelo International Accounting Standards Board (IASB) à realidade brasileira é a (o)

Questão 59

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Uma das vantagens para as companhias abertas brasileiras, que decorre da adoção do International Financial Reporting Standards (IRFS), é a

Questão 60

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
De acordo com as normas internacionais de contabilidade, adotadas pela contabilidade brasileira a partir da edição da Lei nº 11.638/2007, o bem objeto de arrendamento mercantil deve ser contabilizado no

Questão 61

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Considere hipoteticamente que as situações a seguir foram retiradas de um relatório de análise financeira.

Situação 1: “As obrigações com fornecedores representavam 28% do passivo oneroso em 2010, caíram para 26% em 2011, reduzindo-se para 23% em 2013.”

Situação 2: “As obrigações com fornecedores cresceram 38% entre 2011 e 2012. Em 2013, o montante já era 75% maior que em 2011 e, na comparação com 2012, o crescimento foi de 27%.”

As situações apresentadas classificam-se, respectivamente, em análise

Questão 62

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis

» Esta questão foi anulada pela banca.
De acordo com a Lei no 6.404/1976, complementa as demonstrações contábeis, entre outros documentos, o (a)

Questão 63

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 64

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
1
O maior país da América Latina, com a maior população católica
 
do mundo, não nasceu de forma tranquila. Neste livro, com o
 
realismo dos documentos originais, vemos claramente a
 
brutalidade do extermínio dos índios na costa brasileira, berço de
5
sangue cujo marco determinante é a fundação da cidade do Rio
 
de Janeiro.
 
O Brasil real começou a ser construído por homens como o
 
degredado João Ramalho, que raspava os pelos do corpo para se
 
mesclar aos índios e construiu um exército de mestiços caçadores
10
de escravos mais poderoso que o da própria Coroa; personagens
 
improváveis como o jesuíta Manoel da Nóbrega, padre gago
 
incumbido de catequizar um povo de língua indecifrável, esteio
 
da erradicação dos “hereges” antropófagos; líderes implacáveis
 
como Aimberê, ex-escravo que tomou a frente da resistência e
15
Cunhambebe, cacique “imortal”, que dizia poder devorar carne
 
humana porque era “um jaguar”.
 
Incluindo protestantes franceses, que se aliaram aos índios para
 
escapar dos portugueses e da Inquisição, além de mamelucos, os
 
primeiros brasileiros verdadeiramente ligados à terra, que
20
falavam tupi tanto quanto o português e partiram do planalto de
 
Piratininga para caçar índios e estenderam a colônia sertão
 
adentro, surge um povo que desde a origem nada tem da
 
autoimagem do “brasileiro cordial”.
(Texto da orelha do livro A conquista do Brasil, de Thales Guaracy, Planeta, Rio de Janeiro, 2015)
O texto 1, retirado da orelha do livro indicado, tem como finalidade destacar qualidades da obra a que alude; NÃO é uma dessas qualidades o seguinte tópico:

Questão 65

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Quanto à opinião do auditor independente a respeito das demonstrações contábeis auditadas, expressa no relatório de auditoria, é correto afirmar que

Questão 66

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Com relação ao planejamento de auditoria, entendido como a etapa inicial da auditoria, assinale a alternativa correta.

Questão 67

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Considere hipoteticamente que um investidor aplicou, durante seis meses, sempre no final de cada período, a quantia de $ 100, conforme fluxo de caixa a seguir.

A taxa da aplicação foi de 3% a.m. (juros simples) até o final do quarto mês e, a partir de então, a taxa subiu para 4% a.m. (juros simples).

Na situação apresentada, o total de juros obtido com essa aplicação, no final do sexto mês, foi

Questão 68

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
_ Considere hipoteticamente que os lançamentos a seguir são referentes a uma operação entre entidades pertencentes a Orçamento Fiscal e da Seguridade Social (OFSS) distintos.

De acordo com os níveis identificados de desdobramento das contas contábeis, assinale a alternativa correta.

Questão 69

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Classificam-se como receitas extraorçamentárias as (os)

Questão 70

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis

» Esta questão foi anulada pela banca.
No que se refere à chamada Regra de Ouro (Constituição Federal de 1988, art. 167, inciso III, e Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), art. 12, parágrafo 2o), assinale a alternativa correta.

Questão 71

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Considere hipoteticamente que o orçamento para 20X1, aprovado em 20X2, foi o seguinte:

Após a execução orçamentária, houve superavit orçamentário de $ 100 e economia orçamentária de $ 90. Com base nessas informações, assinale a alternativa correta.

Questão 72

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Em relação ao Orçamento-Programa, assinale a alternativa correta.

Questão 73

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Acerca das características do Contrato Administrativo (Lei no 8.666/1993), assinale a alternativa correta.

Questão 74

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
A respeito da receita pública e da respectiva classificação, assinale a alternativa correta.

Questão 75

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
A modalidade de licitação denominada Pregão (Lei nº 10.520/2002) compreende duas fases: a interna e a externa. O início da fase externa ocorre com a

Questão 76

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
De acordo com a legislação vigente, as licitações e os contratos necessários à realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016 poderão ser feitos

Questão 77

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Um investidor aplicou $ 100.000 na bolsa de valores por um período de seis meses, obtendo uma rentabilidade de 56%.

Nesse caso hipotético, considerando que a taxa de inflação no período foi de 4%, é correto afirmar que o (a)

Questão 78

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
O capital C1 foi aplicado à taxa de juro simples is, e o capital C2 foi aplicado à taxa de juro composto ic, sendo C1 = C2; is > ic; n = prazo; M = montante; e j = juros.

Com base nessas informações, é correto afirmar que, para

Questão 79

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
Suponha que um empréstimo de $ 600.000 deverá ser pago em 12 parcelas semestrais pelo sistema de amortização constante (SAC).

Sabendo que a taxa de juros da operação foi de 12% a.a, o saldo devedor, após o pagamento da sétima parcela, é

Questão 80

Polícia Civil/DF 2016 - IADES - Perito Criminal - Ciências Contábeis
A respeito da perícia contábil, conforme a NBC TP 01, assinale a alternativa correta.



Provas de Concursos » Iades 2016